Pandemia

Covid-19: DF registra filas nos pontos de vacinação nesta segunda (3/5)

O Estacionamento 13, do Parque da Cidade, estava com uma fila longa de carros e tempo de espera de, aproximadamente, duas horas

Ana Maria da Silva
postado em 03/05/2021 13:29
Pontos como o Parque da Cidade ficaram cheios de pessoas para receber a vacina -  (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press                             )
Pontos como o Parque da Cidade ficaram cheios de pessoas para receber a vacina - (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press )

A imunização do último grupo de idosos contra a covid-19 continua nesta segunda-feira (3/5). As pessoas a partir de 60 anos e idosos que se programaram para receber a segunda dose nesta manhã encontraram muita movimentação nos postos. Foi o caso da aposentada Maria Luiza Barbosa, 84 anos, que, acompanhada pelo filho, recebeu a segunda dose da Astrazeneca.

“É uma alegria enorme poder dizer que estou imunizada”, comemora. Para isso, Maria foi até o posto de vacinação do Estacionamento 13, do Parque da Cidade, que estava com uma fila longa de carros e tempo de espera de, aproximadamente, duas horas. Às 11h30, cerca de 100 carros aguardavam na fila. “Agora, finalmente vou poder sair para das minhas caminhadas. Me cuidei bastante durante a pandemia”, pontua.

Segunda Dose

Por volta das 11h30, horário em que o Correio esteve no Parque da Cidade, a maioria das pessoas que apareceram no ponto drive thru receberam a segunda dose do imunizante. Um dos motivos da alta procura no posto do Parque da Cidade, segundo profissionais da saúde no local, se justifica pela mudança que a Secretaria de Saúde fez nos pontos de vacinação para o público.

Devido à disponibilidade limitada de doses da vacina CoronaVac repassadas pelo Ministério da Saúde, a pasta decidiu que a aplicação da segunda dose do imunizante, a partir da última sexta-feira (30/4), será realizada em 16 locais de vacinação. A medida, segundo a pasta, é necessária para otimizar as doses e organizar o serviço para garantir a aplicação das duas etapas com o intervalo preconizado.

O DF possui, atualmente, 55 pontos de vacinação, para atender o público-alvo da campanha. O atendimento para pedestres começa às 8h e, por drive-thru, às 9h, em 54 locais. Além disso, um novo posto de vacinação começa a funcionar na Praça dos Cristais, no Setor Militar Urbano. Nesse local, a vacinação ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 18h às 23h, na modalidade drive-thru.

Próximas etapas

A imunização para idosos acima de 60 anos teve início na última sexta-feira (30/4) e, a partir da próxima terça-feira (4/5), inicia-se a de pessoas com comorbidades. A previsão é começar com pessoas com Síndrome de Down, pacientes em terapia renal substitutiva, gestantes e puérperas com comorbidades, e pessoas com deficiência — todas com idades entre 18 e 59 anos

Em três dias, 37.728 pessoas receberam as duas doses das vacinas que previnem a covid-19. Com a primeira dose, 31.718 pessoas foram vacinadas entre sexta (30/4) e o último domingo (2/5); com a segunda, foram 6.010.

Considerando os grupos de risco contemplados, a maior parte dos imunizados durante a campanha de vacinação, que começou em 19 de janeiro, é de trabalhadores da saúde: 124.009 profissionais foram vacinados com a primeira dose e 96.744 com o reforço. A segunda categoria mais vacinada é a dos idosos entre 65 e 69 anos, com 76.659 D1 aplicadas e 45.941 D2.

A cobertura vacinal da campanha chegou, neste domingo, a 19,76% para aqueles que receberam a dose inicial e a 10,92%, para quem foi imunizado com a segunda dose. A SES lembra que a cobertura vacinal é medida com base no público elegível para vacinação, que são adultos acima de 18 anos. Na capital federal, residem 2.309.944 pessoas a partir dessa idade, segundo dados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan).

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE