PANDEMIA

Primeiras doses da vacina da Pfizer contra covid-19 chegam ao DF

As vacinas chegaram por volta das 20h e já estão na rede de frios da Secretaria de Saúde. Elas devem ser utilizadas para a vacinação de pessoas com comorbidades

Samara Schwingel
postado em 03/05/2021 21:12 / atualizado em 03/05/2021 21:24
 (crédito: Thomas Kienzle/AFP - 12/2/21)
(crédito: Thomas Kienzle/AFP - 12/2/21)

As 5,8 mil doses da vacinas contra a covid-19 da norte-americana Pfizer/BioNTech chegaram ao Distrito Federal por volta das 20h desta segunda-feira (3/5). Os imunizantes já estão na rede central de frios e, de lá, serão distribuídos para as regionais de saúde. 

A vacina foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso definitivo no país em 23 de fevereiro e é a segunda mais usada no mundo. Noventa países estão usando o imunizante, segundo levantamento do The New York Times. Entre eles, boa parte da Europa, da América Latina e os Estados Unidos.

Juntamente com as 81,5 mil doses de AstraZeneca que chegaram ao DF na manhã desta segunda-feira, as doses da Pfizer serão totalmente utilizadas na vacinação do público com comorbidades, que começa nesta terça-feira (4/5). Serão 60 mil doses de AstraZeneca utilizadas para a vacinação de pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos e outras 10 mil, para a vacinação do primeiro grupo de comorbidades, composto por pessoas com síndrome de Down, com deficiência cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC), pacientes que fazem terapia renal substitutiva (hemodiálise) e gestantes com comorbidades.

Como agendar

Para se vacinarem, as pessoas com comorbidades precisam se cadastrar no site vacina.saude.df.gov.br. Após o cadastro, é preciso aguardar a etapa de agendamento. Nesta segunda-feira, podem agendar as pessoas com síndrome de Down, com deficiência cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC), imunossuprimidos, pacientes que fazem terapia renal substitutiva (hemodiálise) e gestantes com comorbidades. Até as 16h, apenas 2,3 mil pessoas haviam agendado a vacinação, sendo que há 10 mil vagas disponíveis.

A partir de quarta-feira (5/5), estará aberto o agendamento para pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos. Durante o agendamento, será possível escolher a data, horário e local de recebimento da dose. No total, há 55 pontos de vacinação no DF, sendo um deles noturno.

Para receberem o imunizante, as pessoas precisam levar o comprovante de agendamento impresso, documento de identificação, CPF e laudo médico com a comprovação de existência da comorbidade, no caso dos pacientes que não são atendidos pela rede pública de saúde.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE