Gratidão

Após anos na porta do hospital, Santa Lúcia presenteia irmãs com carrinhos de pipoca

As irmãs são filhas de seu Israel, que há mais de 30 anos começou a vender pipoca lá

Correio Braziliense
postado em 07/05/2021 20:34 / atualizado em 07/05/2021 20:50
 (crédito: hospital santa lucia divulgação )
(crédito: hospital santa lucia divulgação )

A direção do Hospital Santa Lúcia e a empresa Global (que faz a conservação e limpeza do hospital) presentearam, nesta sexta-feira (7/5), as irmãs Betânia e Elizangela Cordeiro, com dois carrinhos de pipoca como forma de agradecimento pelos cerca de 38 anos de presença no hospital. 

As irmãs são filhas de seu Israel Matos de Alencar, de 75 anos, que comprou um carrinho de pipoca e passou a trabalhar na entrada da Emergência do hospital após a inauguração da unidade médica, em meados de 1970. 

Em fevereiro de 2013, aos 70 anos, já sentindo o peso da idade, o vendedor, que atualmente mora com uma das filhas no Setor “O”, em Ceilândia, resolveu deixar o ofício e foi substituído por um de seus oito filhos, Elizangela Cordeiro de Alencar Brito,42 anos. 

 

Com a expansão da unidade, em 2005, Betânia Cordeiro de Alencar, 44 anos, começou a trabalhar junto ao seu pai na entrada do Bloco C.

Betânia Cordeiro de Alencar, 44 anos, recebe carrinho de pipoca em agradecimento a família que está presente no hospital à 51 anos
Betânia Cordeiro de Alencar, 44 anos, recebe carrinho de pipoca em agradecimento a família que está presente no hospital à 51 anos (foto: divulgação hospital Santa Lucia)

Desde então, as irmãs, que trabalham de segunda a sexta-feira, dão continuidade ao trabalho iniciado por seu pai. 

A ligação da família com o Hospital Santa Lúcia vai além da venda de pipocas, a terceira filha de Israel foi estagiária do centro médico, enquanto cursava faculdade de psicologia. E no Centro Clínico do Setor Sudoeste, outro filho também seguiu os passos do pai, trabalhando como pipoqueiro.

  • Betânia Cordeiro de Alencar, 44 anos, recebe carrinho de pipoca em agradecimento a família que está presente no hospital à 51 anos
    Betânia Cordeiro de Alencar, 44 anos, recebe carrinho de pipoca em agradecimento a família que está presente no hospital à 51 anos Foto: divulgação hospital Santa Lucia
  • Elizangela Cordeiro de Alencar Brito, de 42 anos, recebe carrinho de pipoca em gratidão ao 51 anos de presença da família na unidade
    Elizangela Cordeiro de Alencar Brito, de 42 anos, recebe carrinho de pipoca em gratidão ao 51 anos de presença da família na unidade Foto: Divulgação hospital Santa Lucia
  • novos carrinhos de pipoca doados no hospital santa lúcia
    novos carrinhos de pipoca doados no hospital santa lúcia Foto: Divulgação/Hospital Santa Lúcia
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE