Varjão

PCDF prende homem que fingia ser do PCC para intimidar vizinhos

A estratégia era uma forma de garantir que os usuários de drogas pagassem as dívidas e dizia que era o dono da Quadra 3 do Varjão

Darcianne Diogo
postado em 19/05/2021 23:11
 (crédito: PCDF/Divulgação)
(crédito: PCDF/Divulgação)

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, no fim da tarde desta quarta-feira (19/5), um homem de 42 anos por tráfico de drogas. Ele se dizia membro da maior facção do país, o Primeiro Comando da Capital (PCC) para “conquistar o respeito dos vizinhos” (veja parte da operação em vídeo).

Mais conhecido como carioca, o homem se dizia faccionado para garantir que os usuários de drogas pagassem as dívidas e se intitulava como o dono da Quadra 3 do Varjão. Seria uma forma de "amedrontá-los", segundo as investigações preliminares. 

Policiais da 9ª Delegacia de Polícia (Lago Norte) estiveram na casa do suspeito e apreenderam porções de crack, maconha e cocaína. Ele acumula uma extensa ficha criminal, com passagens por tráfico de drogas e roubos de veículos em São Paulo, onde chegou a cumprir pena. Após a lavratura da prisão em flagrante, ele foi encaminhado para a carceragem da PCDF, onde permanecerá à disposição da Justiça Pública. Caso o homem seja condenado, pode pegar de 5 a 15 anos de prisão e pagamento de R$ 500 a R$ 1,5 mil dias-multa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE