Mistério em Ceilândia

Família procura mãe desaparecida após triplo homicídio em Ceilândia

Cleonice Marques de Andrade estava na mesma casa onde o companheiro, de 48 anos, e os filhos, de 21 e 15, foram assassinados, em uma chácara situada em Ceilândia Norte

Darcianne Diogo
postado em 09/06/2021 09:17 / atualizado em 09/06/2021 09:44
 (crédito: Redes sociais)
(crédito: Redes sociais)

Familiares e amigos de Cleonice Marques de Andrade usam as redes sociais para divulgar fotos e conseguir informações sobre seu paradeiro depois que a mulher desapareceu, em Ceilândia Norte. Cleonice é esposa e mãe das vítimas encontradas mortas em uma chácara na madrugada desta quarta-feira (9/6). De acordo com a polícia, eles estavam na mesma casa, mas a mulher não foi localizada no local do crime. O homem, Cláudio Vidal de Oliveira, de 48 anos; e os filhos, Gustavo Marques Vidal, de 21 anos, e Carlos Eduardo Marques Vidal, de15, foram assassinados com tiros e golpes de faca.

As vítimas são proprietárias de uma loja de floricultura situada em Ceilândia Norte. A empresa Viveiro Vidal e Agricultura levava o sobrenome da família e ficava às margens da Rodovia-070, no Incra 09.

No cartaz, parentes escreveram que Cleonice foi sequestrada durante a madrugada, aproximadamente 2h e divulgaram um número para, quem souber do paradeiro da mulher, entrar em contato. O Batalhão de Aviação Operacional (Bavop) e o Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães) da Polícia Militar foram acionados para realizar buscas pela região. O caso é investigado pela 24ª Delegacia de Polícia (Setor O).

Segundo informações preliminares da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), que chegou primeiro no local do crime, todas as vítimas encontradas mortas eram da mesma família. Os homens e o adolescente apresentavam marcas de disparos de arma de fogo e de faca.

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) também foi acionado, por volta das 2h44, via 193, para atender uma suposta ocorrência de agressão física envolvendo o emprego de uma arma branca. Quando a equipe chegou ao local, encontrou as três pessoas sem vida.

Após o Batalhão Rural da PMDF chegar ao endereço, algumas pessoas que se identificaram como familiares das vítimas informaram que todos eram da mesma família e que a esposa, 43 anos, também morava na casa. A Polícia Civil assumiu o caso e irá investigar a autoria do crime e motivação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE