MOBILIDADE

Metrô circula com velocidade reduzida após problema de sinalização

De acordo com a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), a equipe de manutenção já está atuando para resolver o problema

Cibele Moreira
postado em 10/06/2021 08:03 / atualizado em 10/06/2021 08:41
Metrô está circulando a 20km/h na manhã desta quinta-feira (10/6) -  (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
Metrô está circulando a 20km/h na manhã desta quinta-feira (10/6) - (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

Problema na sinalização entre as estações do metrô da 110 Sul e de Arniqueiras (Águas Claras) deixa o sistema metroviário mais lento na manhã desta quinta-feira (10/6). De acordo com a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), a equipe de manutenção está atuando para resolver o problema. 

Enquanto o problema não é resolvido, os trens estão circulando com velocidade a 20km/h. Com a lentidão, os brasilienses enfrentam atrasos na chegada e saída dos trens e, em consequência, lotação nos veículos. A situação ocorre desde o início da manhã. 

Segundo informações do Metrô, a velocidade máxima na qual os trens circulam normalmente é de 80Km/h. Por volta das 8h30, o problema foi parcialmente resolvido. Apenas o trecho entre a Estação Feira e a Estação Shopping está com lentidão.

Na última sexta-feira (4/6), um rompimento de um cabo de energia afetou o sistema do metrô durante a manhã com a diminuição de dois trens durante o horário de pico. Segundo a Companhia do Metropolitano, circularam 17 trens, em vez de 19. No ramal Ceilândia, houve ainda uma falha de sinalização e os trens operaram no modo manual em alguns trechos da via, o que causou mais lentidão. De acordo com o Metrô, o rompimento do cabo foi resultado de vandalismo. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE