Pandemia

Covid-19: DF tem 22 leitos de UTI vagos, mas 18 pacientes aguardam na fila

Os dados foram divulgados na noite desta terça-feira (15/6), pela Secretaria de Saúde (SES-DF). Taxa de ocupação na rede pública está em mais de 88%

Pedro Marra
postado em 15/06/2021 20:53 / atualizado em 16/06/2021 00:48
 (crédito: Iges-DF/Davidyson Damasceno)
(crédito: Iges-DF/Davidyson Damasceno)

Dos 98 pacientes à espera de um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em hospitais públicos do Distrito Federal, 18 estão com suspeita ou confirmação de covid-19. Os dados foram divulgados às 20h desta terça-feira (15/6) pela Secretaria de Saúde (SES-DF). Pouco antes, às 19h26, 22 leitos estavam vagos nas unidades da rede. Apesar disso, algumas pessoas que aguardavam na fila ainda não haviam sido remanejadas.

Do total de 452 do tipo adulto, pediátrico e neonatal, 168 estão ocupados e 260 bloqueados. A taxa de ocupação para esse grupo está em mais de 88%. Na rede privada, a taxa para leitos de UTI está em aproximadamente 89% para pacientes adultos e pediátricos.

 

Dos 26 leitos disponíveis em hospitais particulares, apenas um é do tipo pediátrico. Com um total de 297 leitos, a rede privada tem 216 equipamentos vagos e 55 bloqueados para acomodar pacientes confirmados com a doença.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE