Pandemia

Taxa de transmissão da covid-19 no DF fica acima de 1 neste sábado

Número ficou em 1,01, e demonstra que a cada 100 pessoas infectadas com o novo coronavírus, podem infectar outras 101. Secretaria de Saúde divulgou 1 mil novos casos

Pedro Marra
postado em 19/06/2021 19:52 / atualizado em 19/06/2021 23:42
 (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

O Distrito Federal registrou, neste sábado (19/6), uma taxa de transmissão da covid-19 acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é abaixo de 1,00. Segundo a Secretaria de Saúde (SES), o número ficou em 1,01 no DF, ou seja, cada 100 pessoas infectadas com o novo coronavírus podem contaminar outras 101.

A pasta confirmou 1.014 novos casos de covid-19, totalizando mais de 422 mil moradores diagnosticados com a doença nesta pandemia. Desses, cerca de 404 mil se recuperaram. Nas últimas 24 horas, também foram notificadas mais 20 mortes em decorrência de complicações da doença, sendo 19 de pessoas do DF e uma de Goiás. Com isso, o total de óbitos chegou a 9.071 vítimas fatais.

A letalidade do Distrito Federal é de 2,2%, enquanto a taxa de mortalidade é de 271,8 por 100 mil habitantes. Entre as regiões administrativas, Ceilândia – epicentro da doença no DF – está com 1.422 mortes de moradores pela doença, e mais de 46 mil casos confirmados.

 

Em seguida, no ranking de óbitos, vem Taguatinga, com 909 vidas perdidas. A região soma 33 mil diagnósticos positivos. No Plano Piloto, 40 mil pessoas se infectaram nesta pandemia e 618 morreram por complicações da covid-19.

A média móvel de casos ficou em 858, com aumento de 2% na comparação com os últimos 14 dias de pandemia no Distrito Federal, apresentando estabilidade. A média móvel de mortes encontra-se em 19, queda de 21% no mesmo período analisado.

Vacinação

Ontem, no primeiro dia de vacinação contra a covid-19 do público acima de 49 anos, 6.231 pessoas receberam a primeira dose da vacina e apenas 255 se imunizaram com a segunda aplicação. Segundo a SES, o total de vacinados com a D1 ficou em 887.211 na capital federal, o que representa 28,06% da população geral. Exatas 329.791 pessoas tomaram a última dose no braço. Esse grupo faz parte de 10,08% dos moradores do DF.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE