Pandemia

Covid-19: DF registra 16 mortes e 690 novos casos nesta terça (22/6)

Com a atualização, o total de óbitos na capital federal foi de 9.129 e as infecções pela doença somam 424.523

Correio Braziliense
postado em 22/06/2021 18:23
Houve queda de 11% na média móvel de mortes no DF -  (crédito: Breno Esaki/Divulgação/Agência Saúde)
Houve queda de 11% na média móvel de mortes no DF - (crédito: Breno Esaki/Divulgação/Agência Saúde)

Nesta terça-feira (22/6), a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) notificou 16 mortes e 690 casos por covid-19. Com a atualização, o total de óbitos na capital federal foi de 9.129 e as infecções pela doença somam 424.523, das quais 406.811 (95,8%) são pacientes considerados recuperados.

Segundo os dados do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do DF, a média móvel de casos está em 838, o que representa redução de 1,76% em relação ao número de 14 dias atrás. Quanto às mortes, em comparação ao mesmo período, o índice é de 19,29 — queda de 11% em relação à média móvel do dia 8 de junho.

Das mortes notificadas, duas pessoas tinham entre 30 e 39 anos; três de 40 e 49 anos; cinco de 50 a 59; três de 60 a 69; três entre 70 e 79 anos. Do total de 16 vítimas, as comorbidades foram verificadas em nove. Os agravantes foram doenças cardiovasculares, distúrbios metabólicos, imunosupressão, obesidade, nefropatia e pneumopatia.

Do total de casos confirmados, a maioria está nas faixas etárias de 30 a 39 anos e de 40 a 49 anos. A letalidade do DF é de 2,2%. Em números absolutos, Ceilândia é a cidade que tem o maior número de casos, com 47.116 notificações da covid-19. Em seguida, aparecem Plano Piloto (40.785), Taguatinga (33.715), Samambaia (23.942) e Águas Claras (23.304).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE