Mercado de trabalho

Programa quer dar oportunidade profissional para jovens socioeducandos

Acordo de cooperação técnica foi assinado junto com Centro Salesiano do Aprendiz (CESAM-DF)

Jonatas Martins*
postado em 23/06/2021 21:11
Secretaria de Justiça assina acordo de cooperação para promover acesso à profissionalização de jovens em cumprimento de medidas socioeducativas -  (crédito: Subsis/Sejus-DF/Reprodução)
Secretaria de Justiça assina acordo de cooperação para promover acesso à profissionalização de jovens em cumprimento de medidas socioeducativas - (crédito: Subsis/Sejus-DF/Reprodução)

A Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus) anunciou um programa de capacitação para jovens em medidas socioeducativas. Por meio de um acordo de cooperação técnica com o Centro Salesiano do Aprendiz (CESAM-DF), a expectativa é inserir os socioeducandos no mercado de trabalho.

O compromisso foi assinado este mês e terá a vigência de dois anos, podendo ser prorrogado por até cinco anos. Pelo acordo, a cada semestre, 10 jovens terão acesso a aulas teóricas e ações com empresas parceiras. Atualmente, o DF tem 2.400 adolescentes em cumprimento das medidas socioeducativas em regime meio aberto, semiliberdade e de internação.

Marcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania, comenta que a pasta entende a necessidade de “desenvolver ações que promovam a ressignificação do projeto de vida desses jovens, responsabilizando-os pelos atos praticados, mas também ofertando acesso aos seus direitos e oportunidades para desenvolver seus potenciais”.

Segundo o subsecretário do Sistema Socioeducativo, Demontiê Alves Batista Filho, é necessário o compromisso dos jovens e profissionais envolvidos no processo socioeducativo. “Nosso objetivo também é promover acesso a oportunidades de qualificação e aprendizagem para que seja garantido a esses jovens o acesso ao mercado de trabalho”, afirma.

Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE