Imunização

Covid-19: em 26 de julho, GDF vai antecipar segunda dose de professores

Segundo o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, a decisão considerou a volta às aulas presenciais na rede pública

Samara Schwingel
postado em 19/07/2021 16:00 / atualizado em 19/07/2021 16:01
Antecipação da segunda dose vai acelerar a volta às aulas -
Antecipação da segunda dose vai acelerar a volta às aulas -

O Governo do Distrito Federal optou por prosseguir com a antecipação da segunda dose das vacinas contra covid-19 para profissionais da educação. A informação foi divulgada pelo secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, nesta segunda-feira (19/7). Segundo ele, em 26 de julho, terá início a antecipação.

“Vamos esperar essa data porque é necessário ter, pelo menos, um intervalo de 60 dias entre as doses”, explicou Rocha. A forma de atendimento desse público ainda será divulgada pela Secretaria de Saúde. Eles reforçam que, por enquanto, os professores serão os únicos a terem a segunda dose antecipada.

A maioria dos profissionais de educação receberam a vacina de dose única da Janssen. Apenas os primeiros a serem atendidos receberam AstraZeneca — vacina que funciona em dose dupla. Há cerca de uma semana, o GDF havia anunciado a antecipação como certa, mas, depois de um declaração do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, voltou atrás. Agora, retomou a ideia de antecipação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE