Pandemia

Covid-19: GDF inclui adolescentes com deficiência na vacinação

Poderão agendar atendimento pessoas de 12 a 17 anos que possuam síndrome de Down, autismo, deficiência física, visual, mental ou auditiva e deficiência múltipla. Serão 5 mil vagas abertas a partir das 14h desta quarta-feira (4/8)

Samara Schwingel
postado em 03/08/2021 19:37 / atualizado em 03/08/2021 19:37
 (crédito: Menahem KAHANA / AFP)
(crédito: Menahem KAHANA / AFP)

O Governo do Distrito Federal acrescentou mais doenças à lista de comorbidades a serem contempladas na vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos. De acordo com a Secretaria de Saúde, serão atendidos adolescentes com síndrome de Down, autismo, deficiência física, visual, mental ou auditiva e deficiência múltipla.

O agendamento para esse público começará às 14h desta quarta-feira (4/8). Para agendar, basta acessar o site vacina.saude.df.gov.br. Serão 5 mil vagas no total, como informou o governador Ibaneis Rocha (MDB) nesta terça-feira (3/8). O atendimento começa na quinta (5/7) e termina na sexta-feira (6/7). Quem tiver qualquer dificuldade de acesso à internet para fazer o agendamento deve procurar a unidade básica de saúde (UBS) mais próxima.

Para a vacinação dos adolescentes com autismo ou com deficiência será necessário apresentar relatório médico ou outro documento que comprove a condição, como carteirinha ou registro.

No ato do agendamento, o sistema da Secretaria de Saúde irá reconhecer, pelo CPF do usuário, se ele é portador de alguma comorbidade no caso de haver registro de atendimentos no SUS. Não havendo esse reconhecimento, o usuário poderá se cadastrar, no entanto, deverá apresentar um laudo médico — no caso daqueles com autismo — quando for vacinar.

Vacinação

Nesta terça-feira (3/8), teve início a vacinação para pessoas com 30 anos ou mais. O Distrito Federal separou 170 mil doses de vacinas contra a covid-19 para esse público. A imunização do grupo começou nesta terça-feira (3/8), às 8h e às 9h, nos pontos drive-thru e em 79 postos de atendimento.

Na primeira horas do dia, na unidade básica de saúde II (UBS), da Asa Norte (114/115), a fila contornou a quadra. Quem chegou à UBS por volta das 6h já encontrou uma longa fila se formando com mais de 100 pessoas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE