crime

Travesti é encontrada morta após ser esfaqueada no Gama

A ocorrência foi atendida por cinco militares do Corpo de Bombeiros e agentes da Polícia Militar

Nélio Sousa*
postado em 11/08/2021 09:54 / atualizado em 11/08/2021 09:54
 (crédito: Divulgação/ Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF))
(crédito: Divulgação/ Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF))

Uma travesti foi assassinada na madrugada desta quarta-feira (11/8), no setor Oeste do Gama. O crime foi cometido próximo à unidade do Conselho Tutelar. O caso é apurado pela 20ª Delegacia de Polícia Civil e não há informações sobre a identidade da vítima.

Quando os agentes da 20ª DP, do Gama, chegaram ao local, constataram que havia uma marca de sangue entre o Conselho Tutelar e o Mercadão do Oeste. Pessoas que foram ouvidas preliminarmente na cena do crime informaram que a vítima era travesti e que ela costumava andar próximo ao local com outros travestis e moradores de rua da região.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender uma ocorrência de agressão física contra uma moradora do Gama mas, ao chegarem no local, por volta das 2h da madrugada, os militares avistaram a travesti sem vida e ensanguentada, com sinais de lesões pelo corpo. Ela foi  vítima de uma facada próximo ao ombro direito.

A Polícia Militar do Distrito Federal também foi acionada para atender esse caso. No local, os policiais encontraram a arma usada no crime.

Até o momento da publicação desta nota, ninguém havia sido preso e a vítima não havia sido identificada. O caso segue sob investigação da 20ª Delegacia de Polícia Civil.


Outro Caso

Em dezembro de 2020, outra travesti foi vítima de crime semelhante. Juliana da Cruz Costa, 33 anos, fazia uma refeição no meio da rua, próximo a uma choperia no Sudoeste, quando um homem, que não teve identidade revelada na época, pediu um pouco de comida. A vítima se recusou a compartilhar e o homem desferiu um golpe de faca na clavícula esquerda da travesti.


* Estagiário sob supervisão Nahima Maciel 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE