Cartão Gás

Cartão Gás vai movimentar R$ 24 milhões na economia do DF até fim do ano

As famílias vão receber R$ 100 a cada dois meses para a compra de botijão de gás de 13 kg. O benefício é destinado às pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) que residem no DF

Nélio Sousa*
postado em 18/08/2021 10:33 / atualizado em 18/08/2021 10:34
Mais de 70 mil famílias serão beneficiadas com o cartão -  (crédito: Vinícius Cardoso Vieira/Esp. CB/DA Press)
Mais de 70 mil famílias serão beneficiadas com o cartão - (crédito: Vinícius Cardoso Vieira/Esp. CB/DA Press)

O secretário de Economia, André Clemente, afirmou, na última terça-feira (17/8), que o Cartão Gás deve injetar cerca de R$ 24 milhões na economia do Distrito Federal até o final do ano. A informação foi dada em um encontro com empresários locais e líderes do Sindicato das Empresas Transportadoras e Revendedoras de Gás LP do DF (Sindvargas-DF).

O programa vai garantir segurança na preparação das refeições de mais de 70 mil famílias em situação de vulnerabilidade social que vivem no DF. Previsto para durar 18 meses, o Cartão Gás deve aumentar a quantidade de vendas de botijão de gás em revendedoras. "Graças a essa união, vamos alcançar mais famílias, melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas, além de movimentar a economia”, relatou o secretário de Economia, André Clemente, no evento.

As famílias vão receber R$ 100 a cada dois meses para a compra de botijão de gás de 13 kg. O benefício é destinado para as pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e que residem no DF. Elas devem ter idade igual ou superior a 16 anos, renda familiar por cada integrante da família de até meio salário mínimo (R$ 550,00) e ter declarado comprometimento de renda com a aquisição do botijão de 13 kg. Para solicitar o valor, a pessoa deve acessar o site do BRB, clicar no menu “Cadastro Cartão Gás" e preencher todos os espaços solicitados com as informações pessoais.

Cartão Gás
Cartão Gás (foto: Divulgação/ Secretaria de Economia do DF)

Para efetuar a compra do botijão de gás, as famílias vão receber um cartão de débito que será disponibilizado pelo Banco de Brasília (BRB). A lista final com os nomes dos contemplados será divulgada no dia 31 de agosto e o governo espera iniciar a entrega do benefício a partir de setembro.

E as empresas?

Os proprietários de empresas revendedoras de gás podem participar do Programa Cartão Gás junto à Secretaria de Economia. É necessário preencher um termo de adesão disponível no site da pasta.

 

* Estagiário sob supervisão Nahima Maciel

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE