Chuvas

Chuva provoca queda de árvore e do teto de gesso da Rodoviária do Plano Piloto

O teto de gesso caiu na plataforma superior do terminal. Uma árvore atingiu prédio comercial do BRB Serviços; duas mulheres ficaram levemente feridas

Cibele Moreira
Samara Schwingel
Adriana Bernardes
Pedro Marra
postado em 24/09/2021 19:59 / atualizado em 24/09/2021 21:59
Teto da Rodoviária do Plano Piloto abre após chuva forte no DF -  (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
Teto da Rodoviária do Plano Piloto abre após chuva forte no DF - (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

A primeira chuva do Distrito Federal após 24 dias de estiagem trouxe alívio e prejuízos. Uma árvore que ficava entre o prédio do BRB Serviços e o edifício Varig, no Setor Comercial Norte, tombou com o vento. Os galhos atingiram as vidraças do BRB, quebrando algumas delas. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), duas mulheres ficaram levemente feridas. Na Rodoviária do Plano Piloto, o teto de gesso caiu na plataforma superior e as luzes foram desligadas; não há relatos de feridos. 

Em frente ao Palácio do Buriti, parte do alambrado colocado na praça, que está em reforma, tombou com a forte ventania. A região do Lago Norte ficou sem energia por aproximadamente uma hora e meia. De acordo com relatos de moradores, o apagão ocorreu por volta das 19h50. 

A empresa Neoenergia Brasília realizou manobras na rede elétricas, e por volta das 21h30, a luz voltou às unidades consumidoras da região. Ao menos, sete quadras foram afetadas, segundo informações de moradores. 

Em setembro, são esperados 46,8 mm de chuva. A última vez caiu pingos do céu do DF foi em 30 de agosto deste ano, quando o período de estiagem durou 76 dias.

 

  • Em frente ao Palácio do Buriti, parte do alambrado colocado na praça, que está em reforma, tombou com a forte ventania.
    Em frente ao Palácio do Buriti, parte do alambrado colocado na praça, que está em reforma, tombou com a forte ventania. Minervino Júnior/CB
  • Teto da Rodoviária do Plano Piloto abre após chuva forte no DF
    Teto da Rodoviária do Plano Piloto abre após chuva forte no DF Minervino Júnior/CB/D.A Press
  • Chuva forte atinge região central de Brasília nesta sexta-feira (24/9)
    Chuva forte atinge região central de Brasília nesta sexta-feira (24/9) Minervino Júnior/CB/D.A Press
  • Teto da Rodoviária do Plano Piloto abre após chuva forte no DF
    Teto da Rodoviária do Plano Piloto abre após chuva forte no DF Minervino Júnior/CB/D.A Press

Perigo de acidente

As primeiras chuvas aumentam o risco de acidentes de trânsito. Isso acontece porque, além da visibilidade ficar comprometida, há o risco de aquaplanagem — quando uma fina camada de água se forma sobre o asfalto, o pneu perde a aderência e o condutor perde o controle da direção.

As derrapagens também acontecem porque o asfalto, sujo de resíduo de óleo dos motores dos veículos, com a água, fica escorregadio. E ainda há o risco de a chuva tapar os buracos das pistas e o motorista cair em uma cratera.

Por todas essas razões, preciso redobrar os cuidados ao dirigir neste período. Respeitar o limite de velocidade, manter a distância segura do veículo da frente (quando você consegue enxergar a roda do carro do outro). 

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE