Pandemia

Covid-19: com taxa de transmissão acima de 1, DF se aproxima de 500 mil casos

Com 15 novos óbitos e 990 casos registrados nas últimas 24 horas, média móvel de mortes tem alta de 25% em relação a 14 dias atrás. Variação da taxa de transmissão é de 20% comparada com o mesmo período

Samara Schwingel
postado em 04/10/2021 18:47
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

O Distrito Federal segue com a taxa de transmissão da covid-19 em 1,14, mesmo valor deste domingo (3/10), e registrou 990 casos e 15 mortes nas últimas 24 horas. Com as atualizações divulgadas nesta segunda (4/10) pelo boletim epidemiológico, o DF chegou a 499.033 casos e 10.510 óbitos confirmados desde o início da crise sanitária.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a média móvel de mortes teve alta de 25% em relação a 14 dias atrás e está em 13,57. A mediana de casos chegou a 865,14, valor 3,29% maior quando comparado com o mesmo período. Variações abaixo de 15% indicam estabilidade do índice. 

Do total de óbitos no DF desde o início da pandemia, 914 eram pessoas residentes de outras unidades da Federação, sendo que 785 residiam no Goiás e o restante em outros 17 estados. 

Do total de casos confirmados, os maiores números absolutos estão nas faixas etária de 30 a 39 anos e de 40 a 49 anos. A letalidade do Distrito Federal é de 2,2 %, enquanto que a taxa de mortalidade é de 314,4 por 100 mil habitantes. A maior letalidade por faixa etária está no grupo de 80 ou mais, bem como a maior taxa de mortalidade. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE