Pandemia

Força-tarefa avalia cenário da covid-19 e impactos da pandemia no DF

Organizada pelo MPDFT, a força-tarefa se reuniu para debater a respeito da situação da covid-19 na capital

Correio Braziliense
postado em 14/10/2021 13:24 / atualizado em 14/10/2021 13:26
MPDFT já vê efeitos positivos do impacto da vacinação -  (crédito: Ed Alves/CB/DA Press)
MPDFT já vê efeitos positivos do impacto da vacinação - (crédito: Ed Alves/CB/DA Press)

A força-tarefa constituída pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) durante a pandemia de covid-19 se reuniu, nesta quarta-feira (13/10), para discutir as inspeções que vêm sendo realizadas no sistema público de saúde a fim de verificar os impactos do aumento de pessoas infectadas pela variante Delta no DF.

O MPDFT observou que os setores de enfermaria e pronto-socorro têm recebido muitos pacientes para tratamento da covid-19 e das sequelas da doença. Além disso, notaram que as Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) estão funcionando sem sobrecarga. Para o Ministério Público, esse é um reflexo positivo dos efeitos da vacina na proteção contra casos graves da doença.

“Por conta da grande proporção de vacinados, a maioria não precisa de UTI. Hoje, mais de 50% dos óbitos e casos graves são de pessoas que não se vacinaram ou não completaram o ciclo vacinal com as duas doses. Nós precisamos retomar e retornar o desenvolvimento econômico e social, mas precisamos estar vacinados e protegidos”, destacou o coordenador da força-tarefa e Procurador de Justiça, Eduardo Sabo.

Durante o encontro, os membros participantes constataram a necessidade de acionar a Secretaria de Saúde do DF (SES) para avaliar as medidas adotadas diante do aumento de infectados que buscam os atendimentos de urgência e emergência. O Ministério Público também pretende questionar o governo local a respeito do planejamento para completar o ciclo vacinal e para a aplicação da dose de reforço.

Impactos da Covid-19

Outro tema abordado na reunião foi sobre os impactos da pandemia, como o aumento expressivo nos pedidos de falência e recuperação judicial. No DF, o MPDFT, que acompanha essas ações judiciais,  organizou um evento para tratar da importância da preservação das empresas em prol do interesse público. O 2º Seminário sobre reflexões, impactos e perspectivas da atuação da força-tarefa será realizado nos dias 14 e 15 de outubro, com transmissão pelo canal da Secretaria de Educação Corporativa (Secor/MPDFT) no YouTube, das 10h às 12h.

Durante o evento, haverá exposição das principais iniciativas nas seguintes áreas: Infância e Juventude; Família e Sucessões; Mulher em Situação de Violência Doméstica; Ordem Tributária; Falência e Recuperação Judicial; e Fundações e Entidades de Interesse Social. Para participar, não é necessário fazer inscrição, basta acessar o canal no site.

A primeira edição do webinário, realizada entre os dias 31 de agosto e 3 de setembro, apresentou os resultados positivos do trabalho realizado pelo MPDFT durante a pandemia de covid-19 e o fortalecimento dos canais de diálogo entre a instituição, a sociedade civil e os órgãos públicos.

Com informações do MPDFT

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE