VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

18º feminicídio no DF: mulher atacada por cunhado morre no Hospital de Base

A vítima estava com a irmã quando foi agredida pelo cunhado com uma barra de ferro. As duas sofreram graves lesões na cabeça e na face. O agressor está preso

Correio Braziliense
postado em 18/10/2021 15:15 / atualizado em 18/10/2021 19:28
 (crédito: Pacífico/CB/D.A Press)
(crédito: Pacífico/CB/D.A Press)

Uma mulher, identificada como Márcia, de 43 anos, morreu no Hospital de Base após ser atacada pelo marido da cunhada com uma barra de ferro. A confirmação da morte foi divulgada pelo delegado Laércio Carvalho, responsável pela 35ª Delegacia de Polícia, de Sobradinho II. Esse é o 18º feminicídio registrado no Distrito Federal apenses este ano. 

Márcia estava com a cunhada quando as duas foram atacadas. De acordo com a polícia, as agressões teriam iniciado após uma discussão entre os três. O agressor então, com uma barra de ferro, agrediu a esposa e a cunhada.  Ambas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital de Base, em estado gravíssimo com lesões na cabeça e na face. O crime ocorreu em Sobradinho II. 

De acordo com o delegado Laércio, a esposa segue com vida. O autor foi preso preventivamente neste domingo, pela dupla tentativa de feminicídio. Com a morte de Márcia, ele responderá pelos crimes de feminicídio consumado e feminicídio tentado. 

O agressor já tinha por passagens por outros crimes violentos contra outras mulheres, nos termos da lei Maria da Penha e também já respondeu por porte ilegal de arma. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE