Flexibilização

Ibaneis avalia desobrigar uso de máscaras em locais fechados

Segundo o governador do DF, a discussão deve avançar ainda em dezembro deste ano

Samara Schwingel
postado em 01/11/2021 13:10 / atualizado em 01/11/2021 13:17
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), avalia desobrigar o uso de máscaras faciais mesmo em locais fechados. Segundo o chefe do Executivo local, a discussão deve avançar internamente no GDF ainda em dezembro deste ano. A informação foi confirmada pelo governador ao Correio nesta segunda-feira (1º/11).

Questionado sobre uma possível retirada da obrigação, Ibaneis apenas afirmou que não pretende aprovar a medida no próximo mês e apenas discuti-la. Nesta quarta-feira (3/11), o uso do item deixa de ser obrigatório em locais e ambientes abertos. O decreto com as novas regras foi publicado na última semana.

As máscaras são obrigatórias no DF desde abril de 2020, como forma de evitar a disseminação do novo coronavírus. Neste domingo (31/10), a taxa de transmissão do vírus chegou ao menor valor registrado em 2021 — 0,72. O índice mede a reprodução da pandemia e indica que cada 100 pessoas com covid-19 podem infectar, em média, outras 72. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), valores abaixo de 1 apontam um cenário de controle da pandemia.

Covid-19 

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) notificou 11 mortes causadas pela covid-19 neste domingo. O total de óbitos chegou a 10.877. Em relação aos casos, foram registrados 121 novas infecções nas últimas 24 horas, totalizando 514.936.

Segundo boletim epidemiológico da SES-DF, das 514.936 pessoas que contraíram o novo coronavírus, 501.253 se recuperaram da doença, um percentual de 97,3%. Desses pacientes, 455.426 residem na capital e 36.024 (internados em hospitais do DF) moram em outros estados, sendo a maioria em municípios goianos (29.484).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE