Esporte

Seis unidades dos Centros Olímpicos e Paralímpicos retomam atividades presenciais

A previsão é que todas as unidades voltem com as atividades presenciais até o começo de 2022. A unidades de Santa Maria, Gama e Planaltina seguem com as inscrições abertas até o dia 16 de novembro

Correio Braziliense
postado em 09/11/2021 18:58
 (crédito: Joel Rodrigues/Agencia Brasilia)
(crédito: Joel Rodrigues/Agencia Brasilia)

 

A partir do dia 23 de novembro, seis das 12 unidades dos Centros Olímpicos e Paralímpicos (COPs) do Distrito Federal (DF) voltarão a funcionar com 100% da capacidade. Desde agosto de 2021, o atendimento presencial nas unidades do Recanto das Emas, Brazlândia e Estrutural, voltaram com 50% da capacidade. A Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), informa que os alunos que ficaram na lista de espera começarão a ser chamados.

A expectativa é que o COP do Recanto das Emas atenda até cinco mil alunos em novembro, em turmas divididas nas modalidades como natação, hidroginástica, atletismo, futsal, vôlei, karatê, badminton, escalada, bocha e goalball. O diretor da unidade, Erasmo Carlos Lopes, conta que está muito feliz com a reabertura. “Não tem como explicar, é um sentimento de felicidade total ver o retorno da comunidade. Estamos agora na expectativa para voltar a trabalhar com mais alunos. O prazer é ver esse centro cheio”, disse.

Bem-estar da população

Maria Fernanda Cunha, 13 anos, é aluna do COP do Recanto das Emas há três anos. Ela comemora o retorno das atividades presenciais e conta que foi difícil se adaptar às aulas online de vôlei. “Eu já não sabia mais fazer manchete. Então foi muito bom poder voltar. Fiquei feliz de poder sair de casa e me exercitar”, diz a aluna.

Para Douglas Souza, 14 anos, o período em que a unidade estava fechada serviu para que valorizasse ainda mais as atividades esportivas. “Foi bom voltar. Eu sentia falta dos meus amigos, de jogar bola. O esporte é essencial para o desenvolvimento da coragem e do enfrentamento do medo”, comemora.

A SEL destaca que os COPs ajudam a população a ter acesso ao esporte de forma gratuita. Outras demandas também são atendidas pelos COPs, na unidade do Recanto das Emas, atividades de estimulação global, modalidade destinada a pessoas com deficiência, também são desenvolvidas.

A pequena Evelyn Beatriz, 9 anos, teve paralisia após ser diagnosticada com a síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica e sofrer um AVC. O técnico em informática Arilson Marcos, 40 anos, pai de Evelyn, conta que a filha está sendo atendida no local. “Ela precisou usar cadeira de rodas e fazer reabilitação. Como aqui no COP há um espaço dedicado a pessoas com necessidades especiais, a Evelyn está sendo atendida”, conta.

Inscrições

Moradores de Santa Maria, Gama e Planaltina, podem se inscrever nos COPs até o dia 16 de novembro pelo site do Sistema de Gestão (Sigecop) da SEL. Quem não tiver acesso a internet, poderá ir até uma das unidades e efetuar a inscrição de segunda a sexta-feira das 8h às 12h, no período da manhã, e das 14h às 18h, durante a tarde.

Os interessados podem se inscrever em até três turmas distintas, indicando a ordem de preferência de cada uma delas. O resultado final deverá ser divulgado no dia três de dezembro. A Secretaria ainda informa que a previsão é de que as atividades presenciais em todas as unidades do DF retornem até o começo de 2022.

*Com informações da Secretaria de Esporte e Lazer

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE