Cultura

4ª edição do Brasília Tátil traz trabalhos de artistas com deficiência

Devido à covid-19, o Projeto Brasília Tátil foi readaptado para ser apresentado de forma on-line

Correio Braziliense
postado em 13/11/2021 12:19
 (crédito: Material cedido ao Correio)
(crédito: Material cedido ao Correio)

Evento que reúne trabalhos de artistas com deficiência, o projeto Brasília Tátil chega à 4ª edição. Com eventos de acessibilidade cultural, serão realizadas apresentações musicais, palestras, workshops e exposições totalmente realizadas por artistas com deficiência do Distrito Federal e de outras unidades da Federação.A proposta original do Brasília Tátil seria presencial, mas, devido à pandemia da covid-19, foi readaptada para ser apresentada on-line. As gravações serão neste fim de semana e em 22 de novembro, no Complexo Cultural de Samambaia.

Entre as ações do evento estão apresentações musicais com as bandas Tribo de Jah, Surdodum, Visão do samba, Nó cego, Coral Armorial e Refrão de Mármore. Workshops, palestras, e uma oficina de mobilidade para duas escolas inclusivas do DF, com o idealizador do Programa Educativo Brasília Tátil, César Achkar.

Todas as ações serão gratuitas, com o pedido de doação voluntária de um quilo de alimento não perecível ou agasalho, que serão doados para uma instituição sem fins lucrativos do DF e poderão ser entregues nos seguintes locais:

• Complexo Cultural da Samambaia
Centro Urbano - Samambaia Sul, Brasília - DF

• Agenda Cultural Brasília

• Ponto de Cultura Waldir Azevedo

As gravações do evento serão realizadas no Complexo Cultural da Samambaia neste fim de semana, e disponibilizadas em dezembro nas mídias sociais. O Projeto foi financiado com recursos do FAC (Fundo de Apoio à Cultura) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF e do Governo do Distrito Federal.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE