Pandemia

Covid-19: DF chega a 518 mil casos desde o início da pandemia

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do DF, desde o início da crise sanitária, 11.043 mil pessoas perderam a vida em decorrência do novo coronavírus no Distrito Federal

Rafaela Martins
postado em 03/12/2021 18:53
 (crédito: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A. Press)
(crédito: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A. Press)

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) registrou três mortes por complicações da covid-19 no Boletim Epidemiológico desta sexta-feira (3/12). Os óbitos ocorreram em datas distintas: um no último sábado (27/11), o segundo nesta quinta-feira (2/12) e o terceiro nesta sexta-feira (3/12). Com as três vítimas confirmadas nas últimas 24 horas, o total de óbitos chegou a 11.043 desde o início da pandemia.

O boletim da SES-DF confirmou também 85 casos do novo coronavírus, o que resultou em 518.062 mil diagnósticos positivos. Com os números de infecções, a média móvel de casos desta quinta-feira ficou em 112, 50% menor do que há 14 dias. O indicador de óbitos encontra-se em 4,25%, tendo queda em mais de 54% no mesmo período de comparação.

Entre todos os quase 518 mil diagnósticos positivos do novo coronavírus na capital federal, 458.303 mil são moradores do DF, 29.6 mil de Goiás, 6,5 mil de outros estados e mais de 23 mil estão em investigação.

A taxa de transmissão do vírus continua em 0,78, a mesma registrada nesta quinta (2/12). Isso significa que um grupo de 100 pessoas pode infectar outras 78. O ideal é que o número fique abaixo de 1 para que a pandemia melhore. Se passar da média, a crise sanitária piora.

O número representa uma ligeira queda na taxa, pois nessa quarta-feira (1º/12), o indicador estava em 0,79, após o feriado do Dia do Evangélico, em que a Secretaria de Saúde não divulgou informações do boletim epidemiológico.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE