DISTRITO FEDERAL

Educação divulga resultado das inscrições da rede pública para ano de 2022

Lista foi publicada no início da noite desta terça-feira (28/12). Ao todo, a pasta recebeu 26.528 inscrições de novos estudantes

Pablo Giovanni*
postado em 28/12/2021 22:32
Os candidatos têm de 4 a 11 de janeiro para confirmar a matrícula -  (crédito: Escola Classe 13/Reprodu??o)
Os candidatos têm de 4 a 11 de janeiro para confirmar a matrícula - (crédito: Escola Classe 13/Reprodu??o)

A Secretaria de Educação (SEEDF) divulgou, no início da noite desta terça-feira (28/12), o resultado das inscrições para a rede pública do próximo ano letivo. A previsão é que as aulas de 2022 tenham início em 14 de fevereiro.

Ao todo, a pasta recebeu 26.528 inscrições de novos estudantes e 1.584 para a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os resultados para remanejamento escolar — aqueles que desejam mudar de escola pública para outra —, podem ser consultados diretamente na unidade de ensino do estudante. De acordo com a pasta, os candidatos têm de 4 a 11 de janeiro para confirmar a matrícula.

Veja a lista dos novos estudantes para o ano letivo de 2022

Veja a lista dos estudantes do EJA para o ano letivo de 2022

Ano letivo em 2022

Em 6 de dezembro, a secretaria divulgou o calendário escolar da rede pública para 2022. Foi decidido que as aulas iniciarão em 14 de fevereiro e irão até 23 de dezembro. O recesso escolar entre os semestres será de 12 a 28 de julho. Já as provas do do Sistema Permanente de Avaliação Educacional da Secretaria de Educação do DF (SIPAEDF), em que será aferida a qualidade educacional dos estudantes da educação básica, serão realizadas nos dias 8 e 9 de novembro.

O Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF) afirmou ter sido excluído do debate. "Mais uma vez o governo Ibaneis Rocha (MDB) exclui a categoria dos debates relacionados à vida escolar. Após ignorar sucessivas e inúmeras solicitações do Sinpro para discutir o calendário letivo de 2022, a Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEE-DF) deixa para discuti-lo no último mês do ano, às pressas, e sem a participação democrática da categoria", diz a organização em publicação no site do Sinpro.

Novos uniformes

A partir de 2022, os alunos da rede pública de ensino do Distrito Federal terão novos uniformes. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) de sexta-feira (10/12) pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), em portaria conjunta com a secretária Hélvia Paranaguá.

De acordo com a Secretaria de Educação, a mudança será gradativa e, por isso, o modelo antigo usado atualmente será permitido em 2022. Em 2023, contudo, o novo uniforme será obrigatório. “Faz alguns anos que o uniforme não é atualizado. Então aconteceu de muitas escolas começarem a oferecerem modelos próprios, que passaram a coexistir com o modelo atual da rede. A atualização da padronização dos uniformes tem por objetivo dar segurança ao ambiente escolar e reforçar o sentido de uma grande rede de educação pública”, explica Júlio Moronari, chefe da Unidade de Apoio às Coordenações Regionais de Ensino.

Os novos modelos serão de manga curta, unissex, na cor azul pantone e com gola arredondada; camiseta regata unissex, na cor azul pantone, com gola arredondada; e casaco com capuz, na cor azul marinho, com zíper frontal do sacado, também da cor azul marinho. Todos os modelos terão a bandeira do Distrito Federal no lado esquerdo do uniforme, além do nome da escola. “Além da praticidade para os estudantes, a identificação e controle de organização das escolas se tornam mais assertivas. Se constrói um sentimento de pertencimento, fortalece os vínculos com a escola, gera mais respeito e igualdade”, observou Júlio Moronar.

Novos uniformes começarão a ser obrigatório na rede de ensino em 2023
Novos uniformes começarão a ser obrigatório na rede de ensino em 2023 (foto: SEE-DF)

 

*Estagiário sob a supervisão de Ronayre Nunes

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE