Boletim epidemiológico

Covid-19: taxa de transmissão alcança índice de 1,12 no DF

Taxa de transmissão ultrapassou 1, número considerado de risco. De acordo com o Boletim Epidemiológico desta terça-feira (4/1), 602 novos casos foram notificados no Distrito Federal, em relação ao dia anterior

Rafaela Martins
postado em 04/01/2022 19:17
 (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press         )
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press )

A taxa de transmissão do novo coronavírus alcançou uma marca preocupante: 1,12. O índice acima de 1 demonstra que a pandemia está fora de controle no Distrito Federal. Isso significa um grupo de 100 pessoas podem infectar outras 112. Na segunda-feira (3/1), a taxa chegou a 1%, de acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde (SES-DF).

Segundo a pasta, 602 novos casos da covid-19 foram notificados nesta terça-feira (4/1). Desta forma, o total de infectados no DF alcançou 521.140 diagnósticos positivos.

Entre os casos positivos desde o início da pandemia, 461 mil são moradores do DF, 29,7 mil de pessoas de Goiás, 6,7 mil de outros estados e 23,5 mil estão em investigação.

Mortes

Nesta terça, o DF registrou mais dois óbitos por complicações da doença. As duas vítimas eram do sexo feminino, tinham entre 40 anos ou mais e possuíam comorbidades como obesidade.

As mortes ocorreram no mês de outubro, mas a confirmação de infeção pelo novo coronavírus ocorreu somente nesta terça-feira (4/1). Até o fechamento do documento oficial da pasta, às 17h, o Distrito Federal totalizou 11.112 mortes desde março de 2020. Dos mais de 11 mil óbitos em decorrência da doença, 10,1 mil eram de cidadãos da capital federal, 825 de Goiás e 134 vítimas de outros estados. Dos 521.140 infectados, mais de 507 mil estão recuperados.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE