Dia de Lazer /

Passeio Ciclístico anima feriado de brasilienses no Parque da Cidade

Saindo do estacionamento 13 e animados por um trio elétrico, brasilienses aproveitaram feriado de sol na 7ª Etapa do Circuito de Passeio Ciclístico nas Regiões Administrativas (RAs)

Júlia Eleutério
postado em 22/04/2022 06:00
 (crédito: Fotos: Ed Alves/CB/D.A.Press)
(crédito: Fotos: Ed Alves/CB/D.A.Press)

Sol, calor, ar fresco e muito pedal! Os brasilienses curtiram bem a manhã de ontem, no feriado do aniversário de Brasília, participando da 7ª Etapa do Circuito de Passeio Ciclístico nas Regiões Administrativas (RAs) do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF). Disposição e animação, embalaram os cerca de mil ciclistas de todas as idades e regiões administrativas da capital que se inscreveram para participar do evento no Parque da Cidade.

Os amigos de longa data, Valmir Ferreira, 52 anos, e Paulo Fernandes, 60, se encontraram por acaso no evento e aproveitaram para colocar o papo em dia. Aposentados e moradores do Gama, os dois pedalam desde a adolescência e são apaixonados por motos, razão que os uniu há mais de 15 anos. "O pedal foi consequência para essa amizade", contou Paulo. Para Valmir, o ciclismo é uma oportunidade de fazer amigos.

"É um bom jeito de começar o dia. Esse feriado caiu bem", concluiu Valmir, elogiando a organização do evento que contou com a parceria do Correio Braziliense, da TV Brasília e da Rádio Clube FM.

Embalados com músicas de um trio elétrico, o percurso começou no estacionamento 13, na administração do parque e deu a volta completa na pista externa do Parque da Cidade, seguindo no sentido horário. Para a coordenadora de ensino Yara Pessoa, 48, o trajeto foi perfeito. "O circuito foi tranquilo. Maravilhoso! Deu para começar o feriado muito bem", comentou a moradora de Taguatinga Norte.

Natural de Brasília, ela conta que começou a pedalar em 2020, após uma viagem para o litoral paulista. "Eu comecei pouco antes da pandemia começar em Santos (SP). Pedalava com aquelas bicicletas compartilhadas. Quando voltei para Brasília, pois tinha ido a passeio, eu já estava apaixonada pelo ciclismo. Tratei logo de comprar uma bicicleta e não parei mais", compartilhou a coordenadora.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE