INOVAÇÃO

Pesquisadores desenvolvem dispositivo que permite teste de coagulação em casa

Em testes laboratoriais, os pesquisadores observaram que o método está dentro da faixa de precisão dos instrumentos padrão usados nesse tipo de análise

Correio Braziliense
postado em 21/02/2022 06:00
O dispositivo que lê a amostra é acoplado a um telefone celular, evitando a ida ao laboratório  -  (crédito:   Mark Stone/University of Washington)
O dispositivo que lê a amostra é acoplado a um telefone celular, evitando a ida ao laboratório - (crédito: Mark Stone/University of Washington)

Pessoas que sofrem com problemas cardíacos muitas vezes precisam tomar remédios anticoagulantes, para impedir que ocorram complicações, como derrames ou infartos. Durante o tratamento, esses pacientes têm de fazer testes para saber o nível de coagulação do sangue, e ajustar as doses de medicamentos e o intervalo entre elas.

Para facilitar a vida desses indivíduos, que necessitam ir a laboratórios para realizar as análises, pesquisadores norte-americanos desenvolveram um novo exame, que utiliza uma única gota de sangue para ser avaliada com a ajuda de um motor de vibração e uma câmera de smartphone. O novo dispositivo foi apresentado na última edição da revista especializada Nature Communications.

"Os médicos costumam balançar manualmente os tubos de sangue para frente e para trás para monitorar quanto tempo leva para se formar um coágulo", explicou em um comunicado à imprensa Shyam Gollakota, professor da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, e um dos autores do estudo.

"Isso, no entanto, requer muito sangue, tornando inviável o uso em ambientes domésticos." Para tornar essa testagem mais fácil, o cientista e sua equipe criaram um dispositivo pequeno, composto de um motor de vibração, um celular com câmera e um acessório de plástico — um pequeno copo que é colocado sob a câmera do telefone.

Para usar a tecnologia, o usuário adiciona uma gota de sangue ao copo, que contém uma pequena partícula de cobre e um produto químico que inicia o processo de coagulação da amostra. Em seguida, o motor de vibração do telefone sacode o utensílio, enquanto a câmera monitora o movimento da partícula.

Precisão

Em testes laboratoriais, os pesquisadores observaram que o método está dentro da faixa de precisão dos instrumentos padrão usados nesse tipo de análise. Em uma segunda fase, os especialistas analisaram o sangue de 80 pacientes anônimos de dois centros médicos norte-americanos. Essa etapa também produziu resultados correspondentes aos dos testes comerciais.

"O salto criativo que estamos mostrando aqui é que, usando o motor de vibração em um smartphone, nossos algoritmos podem fazer a mesma coisa que testes tradicionais, mas usando uma única gota de sangue. E obtivemos precisão semelhante às melhores técnicas disponíveis comercialmente", frisou Gollakota.

O dispositivo ainda precisa passar por análises mais minuciosas para garantir a eficácia de seus resultados, mas os pesquisadores acreditam que a tecnologia pode, em pouco tempo, tornar a rotina médica de muitos pacientes mais fácil.

"A maioria das pessoas que precisa desses medicamentos vai usá-los por toda a vida", disse Kelly Michaelsen, professora assistente de anestesiologia e medicina da dor na universidade norte-americana. "Os pacientes que podem monitorar seus níveis de coagulação em casa só precisam ir a um médico se o teste sugerir que eles estão fora do intervalo desejável", comenta.

 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE