Por: Thiago Sodré

Fã de Débora Falabella é presa após tentar invadir residência da atriz

A mulher sofre de transtornos psiquiátricos e persegue a famosa desde 2015

Debora Falabella -  (crédito: Foto reprodução internet)
Debora Falabella - (crédito: Foto reprodução internet)
postado em 07/03/2024 19:40

 

Debora Falabella registrou um boletim de ocorrência contra uma fã que a persegue e tem verdadeira adoração pela atriz desde 2015. A mulher tentou entrar na residência da atriz após ter passado por uma internação para tratamentos psiquiátricos.

A mulher, cujo nome não foi exposto, tem uma idolatria pela atriz ha quase uma década, quando começou a persegui-la. Segundo a defesa afirma, ela começou a apresentar instabilidade psicológica e por isso se aposentou por invalidez. Desde então ela criou uma idolatria pela atriz: "Ela viajava para ver suas peças [as de Débora] e sentiu uma necessidade de se aproximar da Débora Falabella”, explica o advogado.

A defesa ainda afirma que devido ao quadro psiquiátrico da mulher, ela não faz distinção do que é verossímil.

De acordo com um boletim de ocorrência registrado por Débora em julho de 2022, a "perseguição” começou em 2015 quando a fã invadiu o seu camarim. No documento, consta: “Esclarece a vítima que há muitos anos a fã a persegue, enviando cartas com conteúdo estranho e ultimamente a perturba em seu local de trabalho, qual seja, teatro e afins sempre com escândalos e tentando aproximação a todo custo".

Na nova denúncia, feita esta semana, Débora afirmou que a mulher tentar entrar no local onde mora e teme pela sua integridade física e psicológica, visto que a “fã” tem tentado contatá-la através de ligações, cartas e mensagens de texto. A mulher foi denunciada também pelo Ministério Público.

A defesa da fã pede o habeas corpus: "Prender uma pessoa internada para tratamento psiquiátrico, direcionando-a para uma unidade prisional, chega a ser desumano", declarou o advogado à Justiça. Para a prisão, a Justiça levou em conta também o fato de ela não ter se submetido a um exame psicológico como havia sido determinado.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação