VIOLÊNCIA

Criminoso executa mulher em frente aos filhos e atinge o marido

Elisangela Pereira Juarez, de 42 anos, foi executada a tiros em frente aos filhos, de 13 e 8 anos. O companheiro dela ficou ferido e precisou ser socorrido ao Hospital Regional do Paranoá

Sarah Peres
postado em 25/08/2020 16:50 / atualizado em 25/08/2020 17:15
A vítima foi morta após escutar o marido ser atingido por disparos de arma de fogo -  (foto: TV Brasília)
A vítima foi morta após escutar o marido ser atingido por disparos de arma de fogo - (foto: TV Brasília)

A 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) investiga um homicídio consumado e tentado, que ocorreu no fim da noite de segunda-feira (24/8), na Quadra 402 do Itapoã. Elisangela Pereira Juarez, de 42 anos, foi executada a tiros em frente aos filhos, de 13 e 8 anos. O companheiro dela, Weverton Henrique Sousa de Mendonça, 31, ficou ferido e precisou ser socorrido no Hospital Regional do Paranoá.

Segundo apuração inicial do crime, o casal estava em casa no momento em que foi surpreendido por, pelo menos, um bandido. A vítima cozinhava quando escutou os tiros que atingiram o marido e tentou correr para fora da residência, mas foi atingida pelos projéteis.

Elisangela morreu na hora e Weverton conseguiu sobreviver após levar três tiros. O suspeito conseguiu fugir e, até a mais recente atualização desta matéria, não tinha sido identificado ou preso.

Agentes da 6ª DP tentam confirmar se o assassinato foi cometido por apenas um homem, ou se houve a ajuda de comparsas. Inicialmente, o crime teria sido motivado por uma dívida entre o acusado e Weverton, por tráfico de drogas. A vítima saiu do sistema penitenciário há quatro meses, tendo passagens por tráfico e roubo.

Além disso, outra vertente investigada pelos policiais é se uma gangue local, conhecida popularmente como “GFB”, teria envolvimento com o homicídio tentado e consumado.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação