Internet

'A internet é injusta', diz Romero Britto sobre vídeo que viralizou

Segundo Britto, o vídeo que mostra uma mulher quebrando uma obra de porcelana do artista é de 2017

Correio Braziliense
postado em 15/08/2020 15:30 / atualizado em 15/08/2020 15:30
 (foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)

O artista plástico Romero Britto se manifestou pela primeira vez após um vídeo de uma mulher quebrando uma das obras do brasileiro viralizar na internet. Por meio das redes sociais, Britto afirmou, neste sábado (15/8), que jamais teve a intenção de desrespeitar alguém e que a internet é injusta.

"Infelizmente, há pessoas que querem ficar famosas às custas de outro. Através da minha arte, meu propósito sempre foi o de levar alegria, amor e esperança a todos. Não admito desrespeito e jamais tive a intenção de desrespeitar alguém. A internet é muitas vezes injusta e as pessoas não estão preocupadas com a verdade", diz o artista.

O vídeo publicado, gravado por pessoas que presenciaram a confusão, dá a entender que o ato teria sido uma vingança. Antes de quebrar a obra no chão, a mulher acusa o artista plástico de destratar os funcionários do restaurante.

Segundo Romero Britto, o vídeo é de 2017. No comunicado, o brasileiro ainda alega que a peça de porcelana poderia ter causado danos às pessoas que estavam no local. "Uma peça pesada de porcelana que, ao quebrar em pedaços, poderia ter causado danos a mim, a ela ou a qualquer outra pessoa no local. É lamentável, mas a integridade física das pessoas foi colocada em risco naquele momento", relatou.

O nome de Britto chegou a ser um dos assuntos mais comentados do Twitter por conta da polêmica. No final do comunicado, o artista plástico expõe: "Vou continuar minha missão de alegrar o mundo, que como nunca precisa de mais amor, felicidade, esperança e otimismo”.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação