Música

Em parceria com Bárbara Labres, Pelé MilFlows lança 'Me ama mentindo'

Ao Correio, o artista, um dos nomes atuais do rap nacional, faz uma retrospectiva da carreira e fala dos novos projetos

Maria Baqui*
postado em 15/08/2020 20:38 / atualizado em 15/08/2020 20:52
O reconhecimento como artista, para o rapper, é uma vitória -  (foto: Stefflima/ Divulgação)
O reconhecimento como artista, para o rapper, é uma vitória - (foto: Stefflima/ Divulgação)

Com vários lançamentos durante a quarentena, o rapper Pelé MilFlows, que antes estava focado no gênero de rap love song, voltou às origens da carreira musical com o trap funk. Nesta sexta-feira (14/8), o artista divulgou Me ama mentindo, uma parceria com Bárbara Labres e com o cantor PL. A música está disponível nas principais plataformas de streaming.

A versão audiovisual do novo projeto foi produzida em casa, separadamente, com apenas uma câmera de telefone celular. “Foi muito louco e bem natural. Cada um gravou de um lugar diferente, enviamos para a produção e eles juntaram os takes. A minha expectativa está a mil, espero que seja um sucesso”, comemorou Pelé, em entrevista ao Correio.


Carreira

Pelé MilFlows iniciou a carreira ainda na juventude, quando morava em São Gonçalo no Rio de Janeiro. A paixão pelas composições de rap surgiu quando encontrava com o grupo de amigos em uma roda cultural, chamada Batalha do tanque. No entanto, antes mesmo de ingressar no universo do hip-hop, o cantor se apresentava em recitais e eventos da igreja.

O reconhecimento como artista, para ele, é uma vitória. Em entrevista, Pelé comentou que não tinha muita ambição na carreira e, o que viveu até agora, é considerado parte da realização de um sonho. “Não posso dizer que realizei tudo que eu queria. Mas, hoje em dia, estou estável. Tinha muito medo de não conseguir, já que eu não terminei o colégio e nem fiz faculdade”, esclareceu.

Atualmente, o cantor é um dos membros da produtora 1Kilo, que reúne diversos artistas significantes para o cenário atual do rap nacional. As composições de Pelé com mais visualizações são as intituladas love songs, rimas cantadas com temática romântica. “Sempre tive mais facilidade em escrever músicas neste estilo, faço isso há muito tempo, falo dos meus sentimentos”, declarou o rapper.

Pelé MilFlows
Pelé MilFlows (foto: Stefflima/ Divulgação)

Pelé tem investido parte da carreira em parcerias com outros artistas, como Tati Zaqui, com quem recentemente lançou o single Aguenta. Para ele, além de as colaborações serem uma alavanca para a trajetória profissional, é um canal aberto para novas amizades e troca de experiências. “Desde o início da carreira, muitas pessoas, inclusive da minha área, não me davam atenção, então sempre que algum artista me chama, eu nem penso. Já aceito! Mais importante que criar um hit é agregar para a vida”, refletiu Pelé.

Além de feat com um único artista, MilFlows é um adepto às chamadas cyphers, uma reunião de rappers que criam versos separadamente e os unem em uma única letra, com uma batida instrumental específica. O artista participou de projetos deste modelo como, Altamira, Rap Box, Orgânico e RastaBeats.

Novo álbum

Ainda que o desejo de unir versos próprios a composições de outros artistas, Pelé Milflows divulgou o novo álbum solo, chamado O outro lado da moeda. Segundo ele, o trabalho, que conta com sete faixas inéditas, é uma retrospectiva de tudo que ele vivenciou durante a o período no qual morava em São Gonçalo.

“Cada cena que me marcou na infância e adolescência foi uma inspiração para uma das músicas. Em Faixa preta e Ironia, por exemplo, eu convidei meus amigos de infância para participarem do clipe. Infelizmente, alguns se foram e não puderam estar ali, mas sinto que estavam mesmo assim”, contou o artista.

Segundo Pelé, o estilo adotado neste álbum, foge um pouco dos padrões que o público está acostumado. Ele procurou investir em um rap mais denso, com mais conteúdo de engajamento e menos romantismo. “Nunca tinha trabalhado o estilo solo, que eu falasse da minha vida, da minha história. Foi um desafio pra mim, poder trabalhar a minha vivência”, explicou o artista, que produziu todo o álbum em apenas duas semanas.

Quando questionado sobre novos projetos de carreira, Pelé disse que a pandemia tem sido um grande motivador para maior produção autoral. De acordo com ele, o local que mais tem frequentado é o estúdio de gravação “e, com certeza vem música nova por aí”.

 

Lançamentos

Confira a canção do rapper e outros lançamentos da semana na Playlist do Correio:

 

*Estagiária sob a supervisão de Roberta Pinheiro

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação