Festival

Festival Mosaico Cultural reúne artistas de diferentes ramos no DF

O evento, caracterizado pela multilinguagem, que ocorrerá entre 26 de setembro e 26 de outubro, está com inscrições e seleções abertas para atividades até domingo (20/9)

Correio Braziliense
postado em 16/09/2020 20:31
Grupo Celeiro das Antas em apresentação do espetáculo 'Sonho noite de verão' -  (crédito: Diego Bresani/Divulgação)
Grupo Celeiro das Antas em apresentação do espetáculo 'Sonho noite de verão' - (crédito: Diego Bresani/Divulgação)

 

Entre 26 de setembro e 25 de outubro, a potência criativa do DF, traduzida em música, teatro, literatura, artesanato, audiovisual e patrimônio cultural, será celebrada no Festival Mosaico Cultural. Ao todo, serão cerca de 90 horas de conteúdo ao vivo em múltiplos horários, com transmissão gratuita pelo YouTube. 

Dois festivais de música, apresentações teatrais, oficinas criativas, sarau de poesia, atividades audiovisuais e uma feirinha virtual compõem a extensa lista de programação do evento. Para completar a pluralidade, foram convocados artistas de diferentes Regiões Administrativas: São Sebastião, Núcleo Bandeirante, Planaltina, Guará e Recanto das Emas. 

Seleção

Além das atividades e apresentações definidas, que poderão ser conferidas no site do projeto, o Festival Utopia está com seleção de grupos, artistas e atividades aberta até 20 de setembro. Na ocasião, os selecionados receberão ajuda de custo para gravação e podem concorrer a prêmios de até R$ 1.650.

Também estão abertas as inscrições — até o dia 20 — para a oficina de canto on-line do projeto Canto No Seu Canto, na qual 20 jovens e adultos terão aulas de direcionamento de técnicas vocais.

Realizado pelo Box Companhia de Arte, com fomento da Secretaria de Cultura e Governo do Distrito Federal, o evento multilinguagem conta com uma extensa programação e visa injetar recursos na economia cultural do DF. Dessa forma, os participantes são desafiados a se reinventarem e se expressarem no mundo virtual.

Multilinguagem

Além do festival Utopia, o Criolina Instrumental transmitirá os shows da cervejaria homônima - sem plateia -, contemplando 16 grupos selecionados pelo coletivo, destacando o protagonismo da música instrumental da cidade, que se revezam em oito dias de programação. No line-up estão nomes, como Gypsy Jazz Club, Funqquestra, Passo Largo, Muntchako, Face Quarteto, Esdras Nogueira e Grupo, Paula Zimbres, Zé Krishna e Amigos Eternos, Pablo Fagundes Grupo, Forró Red Light convida Martinha do Coco, Brasília Samba Jazz, Bradixie Band, Rodrigo Bezerra e Grupo, Ian Coury Trio, Marlene Souza Lima e Capivara Brass Band. Ao final da programação, o coletivo Criolina apresenta ainda uma edição especial de sua festa virtual Tela Plana.

A Companhia Celeiro das Antas, fundada no Núcleo Bandeirante, apresentará oficinas pedagógicas ligadas à técnica do humor físico, direcionadas a jovens do EJA (entre o 7º e 3º ano) como parte do projeto Antas Confinadas, criado exclusivamente para a programação do Mosaico Cultural. Ao final, apresentarão ainda a versão do clássico Sonho de uma noite de verão, com direção de José Regino.

A primeira infância também tem programação no evento, com a participação da Cia. Fábula, de São Sebastião. Com espetáculos pensados para crianças entre três e oito anos, o grupo trará oito lives e quatro vídeos educativos em três momentos distintos de programação: Confabulando, com o palhaço Café; Eternas fábulas, com releituras de clássicos infantis; e Diversão com o Rei Zezão, com interação das crianças através da live.

O Sarau das Sebastianas contará com quatro sessões ao vivo. As artistas provam a força da poesia periférica nestas apresentações e vão além desta linguagem, reunindo mulheres DJs, musicistas, performers e até cineastas, reforçando o foco na difusão da literatura.

O audiovisual ganha espaço por meio da oficina de produção de conteúdos em vídeo a baixo custo, pretendendo atingir cerca de 100 jovens entre 16 e 25 anos, abrangendo também as comunidades de Samambaia e Riacho Fundo. Ao final do processo, será realizada uma mostra audiovisual, refletindo olhares da juventude do DF para temas essenciais, como cultura e ciência.

O Festival Mosaico Cultural também trará para o ambiente virtual a Feira da Pracinha do Museu, tradicional evento semanal que acontece na Praça do Museu Histórico de Planaltina, cujas atividades também foram interrompidas em razão da pandemia. Ao todo, 20 artistas serão selecionados em chamada pública da Associação dos Amigos do Centro Histórico de Planaltina, entidade criada em 2007. Os interessados também têm até 20 de setembro para se inscrever. 

Serviço


Festival Mosaico Cultural
No canal Mosaico Cultural DF no YouTube. De 26 de setembro a 25 de outubro. Apresentações diárias em faixas horárias distintas. Livre para todos os públicos. Evento online e gratuito.

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação