Denúncia

Justiça aceita acusação de estupro contra o ex-BBB Felipe Prior

O ex-BBB foi acusado por três mulheres por estupro e tentativa de estupro. Audiência de instrução e julgamento está marcada para 10 de maio

Correio Braziliense
postado em 01/10/2020 17:32 / atualizado em 01/10/2020 17:35
 (crédito: Globo/ reprodução )
(crédito: Globo/ reprodução )

O Tribunal de Justiça de São Paulo aceitou uma acusação de estupro contra o ex-BBB Felipe Prior. A audiência de instrução e julgamento está marcada para 10 de maio. A informação é da Folha de S. Paulo. Prior vai responder pelo crime de estupro que teria ocorrido em São Paulo, em 2014. O processo segue em segredo de Justiça. 

No despacho, o juiz Luiz Guilherme Angeli Feichtenberger afirmou que há provas suficientes para indiciar o ex-BBB. "Verifico que as provas que instruem a denúncia demonstram a materialidade do crime e suficientes indícios a atribuir autoria. Não é caso de rejeição liminar, portanto, recebo a denúncia", afirmou.

A denúncia contra o arquiteto foi feita, no início de agosto, pelo Ministério Público de São Paulo. Ela foi apresentada dois dias após a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) concluir o inquérito sem indiciar Prior por dois estupros e uma tentativa de estupro. Os crimes teriam ocorrido entre 2014 e 2018.

Relembre o caso

Em março, três mulheres apresentaram denúncias contra o participante do BBB. Os crimes teriam ocorrido em 2014, 2016 e 2018, em festas universitárias da InterFau (Faculdade de Arquitetura de São Paulo).

As histórias foram divulgadas pela revista Marie Claire, que trouxe detalhes de como os crimes teriam acontecido.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação