Música

Com nova formação, Aguaceiro lança single 'Passando'

O grupo de Brasília usa ritmos tradicionais brasileiros na faixa, a primeira desde que a banda voltou a ser um trio

Pedro Ibarra*
postado em 26/11/2020 13:30 / atualizado em 26/11/2020 14:14
Com a mudança de formação a banda também alterou a identidade visual -  (crédito: Carolina Lando/Divulgação)
Com a mudança de formação a banda também alterou a identidade visual - (crédito: Carolina Lando/Divulgação)

“O tempo está passando e a gente às vezes não percebe”, reflete Lucas Maranhão vocalista da banda Aguaceiro. É sobre isso que o grupo decidiu falar na música Passando, o primeiro lançamento em um ano. A canção também é a primeira da nova formação desde a saída de Taís Cardoso para se dedicar a carreira solo. Aguaceiro, agora, é um trio formado por Lucas Maranhão (guitarra e vocais), Davi Figueiredo (baixo) e Gabriel Peres (bateria).

Já em novo formato, a banda lança, nesta quinta (26/11), o videoclipe da música. O trabalho é dirigido por Dario Pato e tem protagonismo do ator João Pedro dos Santos. A concepção foi em um processo colaborativo entre o diretor e os membros do grupo. A música estará disponível em formato digital à 0h da próxima sexta-feira (27).

A nova música segue a linha do trabalho prévio da Aguaceiro, mas ousa em introduzir novos ritmos mais ligados à tradição brasileira. Percussões e chocalhos fazem a base da canção, com uma sonoridade baseada no afoxé. Segundo Lucas Maranhão, Davi viu as semelhanças entre a composição pré-pronta e os ritmos brasileiros, a partir daí teve a ideia de chamar um percussionista.

Leander Motta, percussionista que trabalha com nomes como Hamilton de Holanda, foi o escolhido para gravar esta parte da música. “Chamamos para agregar mesmo, deixamos um espaço aberto para ele criar”, conta Lucas. “A gente deixou tão aberto que ele adicionou um solo de atabaque maravilhoso que deu outra pegada pra música”, acrescenta o músico.

Por mais que tenha investido em algo mais brasileiro, a banda não buscou esta nova sonoridade propositalmente. “Eu acho que não é uma coisa consciente, do tipo ‘vamos virar para esse lado e só fazer música desse jeito’, só acaba encaixando pelo que a gente tem escutado”, explica Gabriel Peres sobre o lançamento. O estilo não deve permear os próximos trabalhos.

O futuro da banda ainda é incerto devido à pandemia, mas o single não será o único trabalho. A expectativa é fazer alguma apresentação. “Por mais que ainda não esteja 100% definido, uma coisa que é certeza é que vamos dar um jeito de nos apresentar. Pode ser uma live, um session, ou outra coisa”, completa Peres.

Aguaceiro Passando em nova fase

Pela primeira vez desde o início do projeto que veio a se tornar a Aguaceiro, Lucas, Gabriel e Davi tocam a banda como um trio. Os três foram a ignição, quando começaram a tocar juntos com um grupo de rock chamado Só Pra Garantir. Na época ainda alunos de ensino fundamental. Depois criaram a Augusta, até chegarem a Aguaceiro. “Interpreto título da música como algo que representa onde a gente está agora, passando por uma nova fase”, afirma o baterista da banda.

Nessa nova fase, os amigos de infância decidiram que fariam o que gostam e continuariam independente das intempéries na música. “Estamos usando o que a gente tem pra gravar, o que a gente pode. Estamos nos virando nas gravações e fazendo o que conseguimos”, comenta Gabriel. Eles afirmaram pensar em ter um novo membro no futuro, mas ainda querem aproveitar o presente em que são um trio de amigos que tocam juntos.


*Estagiário sob supervisão de Adriana Izel

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE