Cinema

Mostra MacaBRo libera filmes de terror brasileiros na Darkflix

MacaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo foi realizada em outubro e novembro, mas devido ao sucesso retorna com programação até 29 de novembro

Correio Braziliense
postado em 26/11/2020 11:53 / atualizado em 26/11/2020 11:54
 (crédito: Globo Filmes/Divulgação)
(crédito: Globo Filmes/Divulgação)

A mostra MacaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo, que disponibilizou filmes de terror nacionais, palestras e aulas, está de volta após período de sucesso em outubro deste ano. Desde a última quarta-feira (25/11) até o próximo domingo (29), estarão disponíveis 22 longas e 16 curtas para serem assistidos na plataforma Darkflix.

Entre os títulos disponíveis estão filmes como Morto não fala, de Dennison Ramalho; O clube dos canibais, de Guto Parente; A capital dos mortos 2: Mundo morto, de Tiago Belotti; e Os jovens Baumann, de Bruna Carvalho Almeida. Na programação de curtas serão disponibilizados obras como O saci, de José Mojica Marins; Nocturnu, de Dennison Ramalho; e Estátua!, de Gabriela Amaral Almeida. Todos podem ser assistidos até às 23h59 de 29 de novembro, basta assinar a plataforma de streaming gratuitamente.

Além dos filmes também voltam a estar disponíveis três cursos que foram ministrados durante o período da mostra. São eles: Trajetória do horror no cinema brasileiro, do curador Carlos Primati; Escrevendo histórias de terror para o cinema, com a cineasta Gabriela Amaral Almeida; e Diretoras e o terror; conduzida pela pesquisadora Beatriz Saldanha.

O evento é patrocinado e promovido pelo Centro Cultural Banco do Brasil. Ele foi realizado de 28 de outubro a 23 de novembro e agora ganhou dias extras. A curadoria fica por conta de Breno Lira Gomes e Carlos Primati. A dupla escolheu curtas e longas produzido de 2015 a 2019 que tivessem alguma experimentação visual ou histórias horripilantes e marcantes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE