Música

Polícia do RJ localiza músicas inéditas de Renato Russo

Entre o material inédito localizado pela polícia do RJ, existe uma versão reggae de ‘Faroeste Caboclo’, de Renato Russo

Correio Braziliense
postado em 11/12/2020 14:50 / atualizado em 11/12/2020 15:22
 (crédito: Acervo Renato Russo / Ricardo Junqueira)
(crédito: Acervo Renato Russo / Ricardo Junqueira)

A polícia do Rio de Janeiro confirmou, nesta quarta-feira (9/12), que encontrou 91 fitas de gravações inéditas do Renato Russo no depósito utilizado pela gravadora Cordovil, Zona Norte do Rio. Entre elas, uma versão reggae da música Faroeste Caboclo. As investigações tiveram início depois de o filho do cantor, Giuliano Manfredini, denunciar que alguns empresários escondiam materiais do pai.

Segundo a CNN Brasil, a polícia do RJ se direcionou até o depósito no qual as fitas e CDs estavam ocultados. Entre o material encontrado havia, pelo menos, 40 versões diferentes de músicas do Legião Urbana, junto com a versão reggae de Faroeste Caboclo, uma que nunca foi divulgada e outra que está em processo de perícia.

Intitulada como Será, em referência a música da Legião Urbana, a ação ocorre há um ano e teria encontrado um relatório com 30 músicas inéditas de Renato Russo. Em entrevista ao Correio,  o produtor Marcelo Froes, investigado pela posse das músicas, disse que toda a família do músico, morto em 1996 em decorrência de aids, sabia dos materiais inéditos. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE