Música

Larissa Vitorino sobre o pós-The voice: 'Vou continuar compondo, lançando músicas'

A cantora mineira radicada em Brasília foi a preferida do público na semifinal na noite de terça-feira (15/12), mas acabou ficando de fora da final do reality show. Ao Correio, ela falou da experiência e dos projetos futuros

Adriana Izel
postado em 16/12/2020 11:29
 (crédito: Gshow/Isabella Pinheiro)
(crédito: Gshow/Isabella Pinheiro)

"Trouxe uma nova perspectiva em relação aos meus trabalhos com música". É assim que a mineira radicada em Brasília Larissa Vitorino resume ao Correio o que a participação na nona temporada do The voice Brasil significa para ela. Estar no reality show não estava necessariamente nos planos da cantora. Mas o acaso deu uma "forcinha". Um produtor a convidou para a seleção e ela acabou topando. Na primeira fase do programa, nas Audições às cegas, a artista ficou com a última vaga, entrando para o time do técnico pentacampeão Michel Teló.

Ao longo da temporada foi surpreendendo e conquistando o público, com apresentações em que imprimiu sempre a marca autoral nas canções consagradas por outros artistas. "O reconhecimento de vários artistas, músicos, produtores musicais e do público em geral, que tem me conhecido mais, tanto como pessoa, como quanto artista, através do programa, é impagável", admite.

Na noite de terça-feira (15/12), ao lado do violão, apresentou a faixa Esqueça (Forget him), de Roberto Carlos, na semifinal. Foi elogiada pelos técnicos e a preferida do público. Na votação popular, Larissa teve 32% da preferência, enquanto os colegas tiveram índices menores. No entanto, o sonho de seguir para a última fase do programa acabou sendo encerrado pela dinâmica da etapa, em que cada técnico podia acrescentar 20 pontos ao participante que mais o agradasse. Michel Teló deu a pontuação Douglas Ramalho, o que colocou o artista na final, no lugar de Larissa.

Nas redes sociais, a mineira de coração candango se mostrou contente com a aprovação do público, mesmo após ser eliminada, e até deu uma "palinha" da apresentação que faria na eventual participação na final. Larissa Vitorino havia escolhido Como é grande o meu amor por você, de Roberto Carlos. A ideia era fazer uma homenagem a mãe, já falecida e que foi grande apoiadora da carreira dela.

Momento pós-The voice de Larissa Vitorino

Ao Correio, a cantora disse que, mesmo sem chegar à final, o The voice Brasil mudou a vida dela. "O fato de ter aumentado consideravelmente o número de seguidores nas minhas redes sociais e acessos às minhas músicas no Spotify e no YouTube têm proporcionado uma grande divulgação dos meus trabalhos. Hoje eu tenho um público que me escuta e que interage comigo, e com certeza continuará me escutando mesmo pós-The voice", afirma.

Animada, ela diz que já tem pedidos de orçamentos para shows para 2021. Na vida pós-programa, Larissa pretende seguir o trabalho que vinha fazendo há anos, mas, agora, com a força da projeção de ter estado em uma competição musical na tevê. "Sempre trabalhei muito com música. A minha cabeça não para. Eu trouxe até uma parte do meu home studio para o hotel no Rio (risos). Vou continuar compondo, lançando minhas músicas autorais (que já estão "no forno"); tenho também novos vídeos dos meus agora "famosos covers"; tenho um projeto de aulas on-line também em andamento e espero poder fazer shows presenciais assim que possível. Tenho fé que encontraremos uma saída para essa pandemia sem fim. Mais surpresas estão por vir, mas não posso revelar agora (risos)", completa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE