Pandemia

Elba Ramalho diz que covid-19 foi criado por comunistas para destruir cristãos

Em vídeo, a cantora afirmou saber que há outras coisas por trás da pandemia, que viria com o intuito de destruir os cristãos

Victória Olímpio
postado em 06/01/2021 09:44
 (crédito: Miguel Sá e Bruno Ryfer / MS Fotos)
(crédito: Miguel Sá e Bruno Ryfer / MS Fotos)

A cantora Elba Ramalho levantou uma polêmica nas redes sociais ao aparecer em um vídeo falando sobre a covid-19. Segundo ela, o vírus teria sido criado por comunistas para destruir os cristãos. "Mas tudo bem, estamos aqui, cristãos, sobrevivendo. E vamos sobreviver a essa turbulência que a humanidade está atravessando", começou falando no vídeo.

Conversando com o padre Paulo, ela ainda falou sobre o que há 'por trás' da pandemia: "Para muitas pessoas é apenas uma pandemia, para nós, o senhor sabe e eu sei, é muito mais coisa por trás dessa pandemia e que vem ainda com o intuito de nos destruir. Nós somos o incômodo, o calo dos comunistas".

Por fim, Elba afirmou que mesmo com todos os ataques continuará fiel: Somos nós cristãos, mas nós somos também a resistência e vamos permanecer fiéis, porque Deus vai nos proteger".

Nos stories do Instagram, a cantora compartilhou uma mensagem dizendo ter sido mal interpretada: "Realmente NÃO entenderam minhas palavras, talvez não tenha me expressado bem".

Por fim, a cantora se desculpou pela maneira que se expressou: "Existia um contexto de cunho espiritual que não foi compreendido. Não afirmei que o vírus está no mundo para matar somente cristãos! Entenderam mal, me desculpem. Tive covid-19 e sobrevivi, embora tenha perdido pessoas queridas, inclusive hoje! Isso é triste e doloroso! Perdão a quem se sentiu ofendido ou magoado. Deus nos guarde e proteja! Fiquem em paz!"

No final de dezembro uma festa para 400 pessoas na casa da cantora Elba Ramalho, em Trancoso (BA), foi interrompida pela polícia. Elba alegou que o imóvel estava alugado para turistas e que eles a avisaram que dariam uma festa para 200 pessoas, número permitido pela prefeitura.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE