Prisão

Desembargador aceita pedido de habeas corpus do cantor Belo

O cantor foi preso na investigação sobre a realização de um show no Complexo da Maré. Ele pode ser solto a qualquer momento

Correio Braziliense
postado em 18/02/2021 09:21
 (crédito: Instagram/ reprodução )
(crédito: Instagram/ reprodução )

O desembargador Milton Fernandes de Souza aceitou o pedido de habeas corpus do cantor Belo e mandou soltá-lo no início da madrugada desta quinta-feira (18/2).

Belo foi preso pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, na quarta-feira (17/2), na investigação sobre a realização de um show no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, durante a pandemia da covid-19.

O evento não foi autorizado pela Secretaria Municipal de Saúde e nem pela Secretaria de Edução do Rio de Janeiro.

O cantor responde por quatro crimes: infração sanitária, crime de epidemia, invasão a prédio público e organização criminosa. A polícia apreendeu na casa do cantor duas armas, munição, dinheiro e um computador.

Além de Belo, foram presos os sócios da produtora Célio Caetano e Henrique Marques e o chefe do tráfico no Parque da União, Jorge Luiz Moura Barbosa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE