ARTES CÊNICAS

Artista brasiliense apresenta espetáculo virtual de dança que mistura música e magia

A partir desta sexta-feira (19/2) até domingo, Junia Cascaes apresenta 'Floreio', espetáculo sobre o mito da Sereia Luzia

Roberta Pinheiro
postado em 19/02/2021 06:00 / atualizado em 19/02/2021 10:14
 (crédito: Cicero Bezerra/Divulgacao)
(crédito: Cicero Bezerra/Divulgacao)

Dentro de si, a artista brasiliense Junia Cascaes encontrou a magia de uma sereia que lava os sentimentos das pessoas e renova as águas do rio. A partir de hoje até domingo, Junia convida o público a, também, encontrar dentro de cada um a Sereia Luzia. “Tantas lágrimas a colher por aí e tanto que se reencontrar com o encantamento e com a nossa capacidade de transformação da gente mesmo e da gente como um todo”, afirma a artista.

Idealizado em 2019, o espetáculo solo de dança Floreio, criado por Junia e dirigido por José Regino, bebe das águas da cultura popular brasileira para contar como Luzia, uma lavadeira da beira do rio, se transforma em sereia. A exibição ocorre sempre às 20h, de maneira virtual, com acesso pelo Zoom. O ingresso para a apresentação é liberado após o preenchimento de um formulário de inscrição disponível nas redes sociais de Junia e da Sereia Luzia da Estrela Molhada.

“O espetáculo começa no momento em que ela entra na profundeza do rio e começa a metamorfose para a sereia. Floreio é o rito que a Luzia faz de colher as lágrimas, separar o sal e, com a parte doce, ela rega o rio, renova as águas dos rios e os sentimentos das pessoas”, descreve a artista.

Originalmente, a apresentação foi concebida a partir de uma oficina de dança e agbê — instrumento percussivo — ministrada por Junia desde 2011, a Sereiada. A ideia era apresentá-lo, em junho de 2020, de maneira presencial, mas com a pandemia o projeto precisou de adaptação. “Foi preciso se reinventar muito, reinventar a metodologia de trabalho. Compor à distância, com as ferramentas que tinha. Mas, diante de tantos desafios, tanto trabalho e dedicação, fiquei satisfeita com o resultado”, afirma Junia.

Canções

Música, dança e magia dialogam durante todo o espetáculo, cuja trilha sonora foi criada pela própria artista a partir dessa vivência de mais de 16 anos. “Foi um aprendizado que tive na cultura popular. Você toca, dança, canta e se manifesta. Nas oficinas da Sereiada, costumo dizer que você não pensa que tem que se dividir para tocar e dançar. É uma coisa só, uma manifestação dessa magia toda, uma coisa que existe junto com a outra, explica. As canções oferecem um passeio por diversos ritmos, trazendo o protagonismo do agbê e destacando o samba pisado.

Por meio da sereia, do Floreio e dessa mistura de dança, magia e música, Junia propõe uma renovação, um movimento de entrega. “As emoções, quando a gente sabe separar o sal do doce e colocar cada coisa no seu lugar, a gente só cresce e segue evoluindo. O espetáculo é um é um curar de memórias, do que foi, tanto coisas boas quanto ruins. É entregar para uma eternidade doce e seguir o nosso fluxo”.

Serviço

Floreio - Espetáculo teatral do grupo Sereia Luzia da Estrela Molhada. De hoje até domingo, às 20h. Transmissão pela plataforma Zoom. O ingresso para a apresentação é disponibilizado após o preenchimento de um formulário de inscrição disponível nas redes sociais de Junia Cascaes e da Sereia Luzia da Estrela Molhada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE