Deu opinião

Após críticas, Claudia Leitte reconhece: "Posso ser um agente de mudanças"

Cantora Claudia Leitte deu resposta evasiva sobre o que a indigna no programa Altas horas. Após ser criticada, ela foi às redes sociais e criticou falta de vacina e mal uso de máscaras

Correio Braziliense
postado em 25/05/2021 08:23
Claudia Leitte:
Claudia Leitte: "o noticiário sangra" - (crédito: Globo/ Divulgação)

A cantora Claudia Leitte recebeu uma avalanche de críticas entre a noite de sábado (22/5) e a de segunda-feira (24/5) devido à falta de posicionamento em entrevista no programa Altas horas. O apresentador Serginho Groismann perguntou à cantora o que a indigna e ela deu uma resposta evasiva, em que afirmava ter "um coração pacificador."

"Eu me indigno, sou capaz de virar tudo pelo avesso, chutar a barraca, mas eu acho que todo mundo tem um lugar onde pode brilhar uma luz para desfazer o que está acontecendo. E se essa luz se acende, obviamente, não vai ter escuridão", disse ela. Logo depois, a atriz Deborah Secco e a apresentadora Ana Maria Braga se posicionaram, criticando a falta de vacinas contra a covid-19 e a violência contra crianças.

Na noite de segunda-feira, Claudia foi ao Instagram tentar se redimir. "Vim aqui para pedir desculpas. Eu não usei a ferramenta que eu tenho para fazer alguma diferença. Posso ser um agente de mudanças", afirma ela, em vídeo postado na rede social.

Claudia reconhece na gravação que aquele "era um momento em que eu precisava muito ter consciência do meu papel social. E eu não tive." Ela continua: "Eu precisava ter falado das minhas indignações para levantar questões, discussões saudáveis. Eu precisava ter falado que me indigna o fato que as pessoas não usam máscaras. Continuam aglomerando, promovendo aglomerações, incitando aglomerações. Isso mata, está comprovado. O noticiário sangra todos os dias."

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE