Formação

Espaço f/508 cria ambiente digital com cursos o ano inteiro

Intenção dos idealizadores do f/508 é criar espaço digital que proporcione a mesma vivência do espaço físico. Passaporte Cultural dá acesso a cursos o ano inteiro

Nahima Maciel
postado em 03/06/2021 18:00
O f/508 fechou as portas do espaço físico em junho de 2020 -  (crédito: Janine Moraes/CB/D.A Press)
O f/508 fechou as portas do espaço físico em junho de 2020 - (crédito: Janine Moraes/CB/D.A Press)

Depois de um ano de cursos on-line em uma tentativa de se adaptar à pandemia, o Espaço f/508 mudou a estrutura de funcionamento e criou o Passaporte Cultural. Com um de plano de R$ 140, o aluno terá acesso um cronograma de 400 horas de aulas ministradas por 22 professores ao longo de um ano. Também é possível optar pelo pacote de seis meses, que sai por R$ 210. “A proposta é levar toda a vivência que tínhamos no físico, como casa de cultura, para o on-line”, avisa Raquel Pellicano, coordenadora do programa junto com Humberto Lemos..

Depois de o espaço físico mantido pelo f/508 na 413 Norte fechar as portas em junho de 2020, os idealizadores mantiveram uma estrutura de cursos on-line que ofereciam formações multidisciplinares em áreas como artes visuais, fotografia, manualidades, pensamento crítico, literatura e produção textual e audiovisual. “Decidimos mudar nossa forma de funcionamento depois de um ano de experiências com os cursos acontecendo on-line. Entendemos que um formato multidisciplinar e democrático, virtual, faz mais sentido e está mais alinhado com o momento em que vivemos, explica Raquel.

O f/508 funcionou como Casa de Cultura durante 16 anos. Agora, a mesma ideia que conduzia as atividades do local será transportada para o ambiente digital. “Nos unimos aos mais de 20 professores parceiros do f/508 até aqui para a criação de um projeto de acesso facilitado e universal. Acreditamos que o estudo da fotografia e das artes envolve uma gama muito ampla de conhecimentos - e assim, proporcionaremos ao aluno uma vivência mais completa e acessível”, diz Raquel.

O cronograma para o mês de julho está pronto e traz cursos como Escritas de autoficção, Mulheres artistas e a fotografia, Curso intermediário de fotografia e Fotografia latinoamericana, além de um núcleo de produção autoral.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE