Cultura popular

Mestra Martinha do Coco comemora 60 anos com festa on-line

A VIII Mostra de Diversidade e Cultura do Paranoá apresenta, no sábado (26/6), diversas atividades para celebra o aniversário de Martinha do Coco

Correio Braziliense
postado em 21/06/2021 18:23
 (crédito: Davi Mello/Divulgação)
(crédito: Davi Mello/Divulgação)

Para comemorar os 60 anos de idade, celebrados neste mês de junho, a mestra Martinha do Coco, referência da cultura popular no Distrito Federal, se apresenta no evento on-line da VIII Mostra de Diversidade e Cultura do Paranoá. Com o tema "Cultura que cura", a festa contará com artistas de diferentes gerações e linguagens.

A programação é totalmente on-line e entre as atrações estão: Martinha do Coco e Banda; Zapatta PRN; Boi Encanto do Itapoã; Caleba Brasil e Nani Menezes; mesa redonda com exposição de fotografia de Isabelle Prado e Kadan Lopes; apresentação de esquetes da peça Afinidades; e poesia com Wil Melo. Para abrir a mostra, uma mesa redonda com o tema "saúde na pandemia" reúne Cleudes Pessoa (assistente social e terapeuta integrativa); Joelma Melo (educadora e terapeuta ayurveda) ; Everardo (Rede Social Paranoá e Itapoã), e Davi Mello com o cordel A peleja de lampião com o coronavírus. As atrações trazem nos repertórios a cultura popular, a valorização da percussão afro-brasileira, as culturas emergentes da periferia, a igualdade de gênero, a luta antirracista, o Cerrado e a luta pela preservação do meio ambiente, a diversidade sexual e os saberes tradicionais.

Martinha do Coco nasceu em Pernambuco, de onde migrou com a família para a antiga Vila do Paranoá, aos 17 anos. Ela iniciou a carreira artística cantando samba de coco em um grupo de percussão no Paranoá, e então desenvolveu um trabalho autoral, que mescla as influências culturais da terra onde nasceu e cresceu, como os ritmos coco, maracatu e ciranda, a elementos da cultura local e da sua vivência de vida no Cerrado.

A VII Mostra de Diversidade e Cultura do Paranoá tem como objetivo dar oportunidade a artistas emergentes da região, consolidar artistas locais, assim como trazer atrações do Distrito Federal para troca de experiências com a comunidade e ocorre neste sábado (26/6) das 15h às 22h. O evento é gratuito e livre, no canal do Youtube e Instagram do Território Paranoá.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE