bate-papo virtual

Projeto apresenta programação on-line sobre livro de Guimarães Rosa

O projeto Cerrado Ecoarte promove programação on-line sobre o livro ‘Grande sertão: veredas’, de Guimarães Rosa. Autor completaria 113 anos no próximo domingo (27/6)

Correio Braziliense
postado em 23/06/2021 18:22
A iniciativa faz parte do projeto Cerrado Ecoarte. A programação tem início neste sábado (26/6), às 20h -  (crédito: Divulgação)
A iniciativa faz parte do projeto Cerrado Ecoarte. A programação tem início neste sábado (26/6), às 20h - (crédito: Divulgação)

Neste sábado (26/6), o Cerrado Ecoarte dá início à programação do projeto Sertão em Si. Com bate-papos culturais, a iniciativa vai homenagear a obra Grande sertão: Veredas, do escritor brasileiro João Guimarães Rosa, que completaria 113 anos no próximo domingo (27/6). As atividades ocorrerão de forma on-line e serão transmitidas por meio do Youtube.

Grande nome da literatura do século 20 e membro da Academia Brasileira de Letras, Guimarães Rosa escreveu obras, em sua maioria, ambientadas no sertão brasileiro. Os diálogos vão promover o encontro entre artistas e obras inspiradas no autor.

Entre os participantes estão os artistas Maria Miranda e Almir Paraka, do projeto Caminho do Sertão, e o guia ambiental Elson Barbosa.

O projeto Sertão em Si surgiu a partir do livro Cerrado Ecoarte, lançado em 2020. A publicação traz relatos e vivências do bioma, com organização de Thais Kuri, que, há mais de 10 anos, desenvolve ações culturais que valorizam o Cerrado, suas tradições e comunidades.

“Este é um projeto muito esperado. Sua essência é sensibilizar novos públicos para a poesia de Guimarães Rosa. Sim, naquela prosa do sertão há muito de poesia, há lirismo que emana do olhar filosófico que o autor alimenta. Sua escrita é hermética, e eu diria até mística”, comenta Thais, sobre o projeto Sertão em Si, em material de divulgação.

Serviço

Sertão em Si: Bate-papos sobre a obra de Guimarães Rosa

Dias 26 e 27 de junho e 3 de julho, às 20h, no canal do Cerrado Ecoarte no Youtube.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE