Música

Netflix anuncia filme do show de Emicida no Theatro Municipal de São Paulo

‘AmarElo - ao vivo’ estreia na plataforma no dia 14 de julho; "Eu, humildemente, acho que nós fizemos história", afirma Emicida no final do trailer

Correio Braziliense
postado em 24/06/2021 11:42 / atualizado em 24/06/2021 11:42
 (crédito: Jef Delgado/Divulgação)
(crédito: Jef Delgado/Divulgação)

A parceria Emicida e Netflix ganhará um novo capítulo no dia 15 de julho. O rapper brasileiro lançará, na plataforma AmarElo-ao vivo, a gravação completa do show histórico feito no Theatro Municipal de São Paulo no dia 27 de novembro de 2019. Junto com o anúncio foi revelado o primeiro trailer da produção.

O original Netflix, em colaboração com o selo de Emicida, Laboratório Fantasma, será o show na integra, com todas as músicas cantadas pelo artista. Serão apresentadas quase todas as canções do álbum AmarElo, além de outros sucessos do rapper como Levanta e anda, Hoje cedo e Pantera Negra. Segundo colunista do G1, Mauro Ferreira, ainda será lançado nas plataformas digitais o disco AmarElo - ao vivo com as gravações presentes na produção em formato áudio.

A apresentação em São Paulo também é pano de fundo para o documentário AmarElo - É tudo para ontem, sucesso na Netflix em 2020. No primeiro filme, Emicida apresenta o contexto histórico do Theatro Municipal, passando por histórias como o fato de os prédios em volta do teatro terem sido projetados por um arquiteto negro, Tebas, e a primeira reunião do Movimento Negro Unificado (MNU) na escadaria do Theatro. O filme, contudo, não apresenta o show inteiro, apenas algumas músicas. O restante será mostrado no novo lançamento.

Todo o conceito dos dois filmes é o fato de Emicida, um homem negro e de periferia, ocupar um local ao qual,  historicamente, negros não tinham acesso. No final do trailer, divulgado na última quarta (23/6), Emicida fala: “Eu, humildemente, acho que nós fizemos história”.

Emicida conquista o mundo

Além do anúncio do lançamento de um novo original Netflix, a semana de Emicida teve mais uma boa notícia. O cantor ganhou o prêmio Leão de bronze no Festival de Publicidade de Cannes por uma ação com o streaming Deezer em que fez a faixa extra Silêncio. A faixa foi colocada antes do álbum e é apenas um momento de silêncio “para preparar o público para um grande momento de reflexão”, afirma o rapper.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE