Música

"Não tem como não falar de amor", diz Clarissa sobre EP de estreia

Famosa nas redes sociais e com carreira de atriz bastante consolidada, Clarissa Müller lança EP homônimo

Pedro Ibarra*
postado em 25/06/2021 18:29
Clarissa também é conhecida como Clapivara nas redes sociais -  (crédito:  Mateus Augusto Rubim/Divulgação)
Clarissa também é conhecida como Clapivara nas redes sociais - (crédito: Mateus Augusto Rubim/Divulgação)

Artista que começou na vida pública como influencer, Clarissa Müller, que agora assina apenas Clarissa, lançou nesta sexta-feira (25/6) o primeiro EP da carreira, de nome Clarissa. Também conhecida pelo nome de usuário @clapivara, ela estreia na música após já ter trabalhos grandes como atriz e acumula aproximadamente 900 mil seguidores, somando apenas Instagram e Twitter.

A, agora, cantora mergulhou no gênero popular bedroom pop com músicas introspectivas acompanhadas por beats e sons eletrônicos. O destaque fica na mensagem. Responsável por escrever todas as letras, Clarissa apresenta uma poesia com roupagem pop.

“Eu coloquei muito de mim ali”, afirma a artista. “Coloquei muitas inseguranças minhas, me abri muito em relação à minha auto-estima, em relação à minha sexualidade, principalmente no que diz respeito aos meus impasses da adolescência”, conta Clarissa que, aos 22 anos, estrelou os filmes Ana e Vitória e Me sinto bem com você e se tornou celebridade nas redes sociais.

Ela se abriu muito com músicas que tocam em assuntos próprios e pessoais. “Existe uma parte muito vulnerável minha nesse EP”, reflete a cantora, que chegou a mencionar no Twitter que a primeira faixa do trabalho vai soar como surpresa para muitos familiares dela, que não sabem que ela é bissexual. Logo após a postagem, ela afirmou estar feliz, pois “deu tudo certo”.

Outro tema trabalhado na estreia da artista é o amor. “Muitos falam que ‘todas as músicas são sobre o amor’, mas é muito sobre a minha vulnerabilidade, meus medos e o amor está ali como coadjuvante nessas situações todas”, avalia a cantora. No entanto, ela concorda que grandes músicas sempre trataram do tema. “Não tem como não falar de amor, tudo gira ao redor disso”, acrescenta.

Clapivara: a Clarissa das redes sociais

Com muitos seguidores, em redes sociais diferentes, Clarissa tem bastante engajamento no mundo virtual. Os fãs são tantos que o EP chegou a ser o segundo assunto mais falado no Brasil no Twitter na madrugada de quinta (24/6) para sexta-feira (25/6). “Tem uma galera que manda mensagem falando ‘ te sigo desde 2014’ e eu penso como é louco, porque 2014 eu ainda estava na escola”, brinca a influenciadora.

Clarissa tem um público muito carinhoso e que a acompanha de perto. Ela atribui esse fato à forma como trata os próprios seguidores. “Vem muito de não encarar as pessoas como números, como engajamento, como estratégias”, explica. “Eu vejo meu público  como pessoas e eu conheço muitos deles e a cada história que eu vou conhecendo eu vou me interessando mais. Eu acho que isso e ajudou bastante, esse diálogo aberto”, completa.

No entanto, ela também entende que não há uma fórmula secreta. “É muito difícil dizer também o que faz sucesso e o que não faz na internet. Às vezes eu posto um trabalho que eu acho que vai bombar e não bomba, mas às vezes eu gravo um áudio cantando funk e paro trending topics”, comenta, ao refletir sobre a imprevisibilidade da vida do produtor de conteúdo para a internet.

Um futuro simples, mas de muitos projetos

Clarissa, no momento, ainda curte a onda do primeiro grande lançamento musical, mas isso não significa que ela está parada. Ela adianta que tem outros singles sendo planejados e alguns trabalhos de atriz com as gravações pausadas devido à pandemia. “Tem muito sendo pensado e, se Deus quiser e com a vacinação, a gente consegue pensar até em show”, projeta a artista.

“A minha maior vontade é conciliar todas essas coisas enquanto der. Se tudo der certo, eu vou ficar sem tempo, do tanto de oportunidades que vão surgir, espero ser uma pessoa que tem esse tipo de problema”, brinca.

Entretanto, para ela a fama e o sucesso fazem parte do processo, mas não são o objetivo. “Meu maior sonho é que as pessoas me escutem, ou me vejam interpretando uma personagem e me entendam de verdade, entendam o que eu quero dizer” revela a artista. Para ela, a arte é algo que pretende fazer por muitos anos. “Seja da forma que for, se eu emocionar alguém eu já vou me sentir muito no lucro”, pontua.

Clarissa, EP de estreia de Clarissa


 


 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE