Literatura

Escritora lança romance com personagens agêneros com leitura on-line

A obra foi escrita em 2020, durante a quarentena da Covid-19, e a escritora decidiu ler capítulo a capítulo ao invés de lançar em papel ou no formato e-book

Correio Braziliense
postado em 31/08/2021 10:12 / atualizado em 31/08/2021 10:13
 (crédito: Adriano Rocha )
(crédito: Adriano Rocha )

Estreou, na segunda-feira (23/08), a novela O cheiro do jasmim e a libélula, da jornalista Ana Vilela. A escritora vai publicar um dos 20 capítulos da história por semana, no seu canal no YouTube.

A obra chama atenção pelo fato dos personagens não terem gênero. Não à toa, Vilela decidiu publicar o livro de maneira diferente: leitura capítulo a capítulo, que irão ao ar toda segunda-feira, às 21h. Todos os episódios ficarão à disposição dos leitores-espectadores, que poderão assistir aos capítulos a qualquer momento.

“O cheiro do jasmim é sobre autoconhecimento, auto descobertas, crescimento e cura... e, exatamente por isso, decidi ler ao invés de publicar. Ele me veio depois de muitos anos sem escrever nada de Literatura. Pensei mesmo que nunca mais escreveria”, conta a escritora, em nota.

Em 2017, Ana lançou o livro de contos Histórias atormentadas, mas, segundo ela, o livro lançado esta semana é bem diferente do anterior, que é cheio de dores e pesares.

“É um livro denso e demasiadamente na caixinha, apesar de também trazer esperança. Mas as páginas que nasceram em 2020 são completamente diferentes. É uma grande metáfora literária. Não consigo ver de outra forma. Também tem mistério, que só é elucidado ao final, e os capítulos curtos dão muito dinamismo”, detalha a jornalista, que escreveu O cheiro do jasmim e a libélula no auge da pandemia, ano passado.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE