ARTES VISUAIS

Exposição aborda luta de refugiados venezuelanos para chegar ao Brasil

A amostra fogrática faz parte do projeto Acolhidos e conta com fotografias de Antonello Veneri e acontece nos dias 30 e 31 de outubro no CCBB Brasília

*Correio Braziliense
postado em 27/09/2021 17:58 / atualizado em 27/09/2021 18:01
 (crédito: Divulgação)
(crédito: Divulgação)

O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, recebe, nesta quinta-feira (30/9), a exposição “Acolhidos: o percurso da Venezuela à integração no Brasil”, que ilustra o percurso árduo e cansativo que milhares de refugiados enfrentaram para chegar ao país. Quem for ao centro cultural poderá contemplar mais do que apenas as fotografias e registros, mas entrevistas e depoimentos de imigrantes, além de recursos audiovisuais que auxiliam na reflexão do visitante.

O projeto Acolhidos, que também dá nome à exposição, foi responsável pela interiorização de 1.143 venezuelanos de Roraima para nove estados brasileiros, incluindo o Distrito Federal. Ao desembarcarem no Brasil, os refugiados recebem assistência médica e capacitação para inserção no mercado de trabalho. “Desde que chegam nesses abrigos, as pessoas recebem o acompanhamento necessário para a conquista da autonomia. O projeto oferece cursos de capacitação profissional, língua portuguesa e preparação laboral, no intuito de facilitar interiorizações por meio do trabalho para outros estados.” Diz Thais Braga, gerente do projeto no Brasil.

A exposição ainda conta com uma sala educativa onde serão realizadas atividades para jovens e crianças, além da apresentação de depoimentos e vídeos em relação aos bastidores desse trabalho humanitário.
“Acolhidos: o percurso da Venezuela à integração no Brasil” está aberta para visitações do dia 30 de setembro a 31 de outubro, das 9h às 21h, de terça à domingo com entrada gratuita.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE