Artes Visuais

Obras do catalão Zaragoza são expostas no Museu de Arte de Brasília

Obras do artista e publicitário catalão José Zaragoza chegam ao Parque de Esculturas do Museu de Arte de Brasília com exposição de seis obras em ferro

Correio Braziliense
postado em 08/10/2021 17:20 / atualizado em 08/10/2021 17:21
 (crédito: Divulgação)
(crédito: Divulgação)

Seis obras em ferro moldadas por José Zaragoza em 1984 passaram a fazer parte da identidade visual do Parque de Esculturas do Museu de Arte de Brasília (MAB), e agora integram o lote de 58 peças doadas pelo artista ao Museu Nacional da República em 2017.

Conhecido como o Z da agência de publicidade DPZ, Zaragoza foi um artista e publicitário espanhol que esteve radicado no Brasil desde o ano de 1952. Trabalhou para o escritório da agência em Nova York e estagiou na National Broadcasting Company (NBC) em 1956. Criou em 1962, juntamente com Francesc Petit, o estúdio de design gráfico Metro 3, chamando a atenção do público na época pelos trabalhos inovadores em termos visuais.

Posteriormente, fundou, com Petit, Ronald Persichetti e Roberto Duailibi a agência DPZ, até hoje uma das maiores do Brasil. Foi o primeiro presidente do Clube de Criação de São Paulo. Em 2004, lançou o livro Layoutman, que chegou a ser premiado nos Estados Unidos. Em 2005, fez uma exposição no Museu Brasileiro de Escultura, com o nome de Zaragoza – Meio Século – Revisão, que reuniu seus trabalhos artísticos feitos no Brasil.

Reformado e reinaugurado depois de 14 anos fechado, MAB vem recebendo exposições e oficinas que têm movimentado os espaços internos e externos do museu.  O parque de esculturas conta com 22 obras permanentemente expostas a céu aberto, que podem ser visitadas em qualquer horário. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE