MÚSICA

Programação de shows em Brasília tem Geraldo Azevedo, Nando Reis e Roupa Nova

Retomada das apresentações presenciais atrai espetáculos para todos os gostos. Estão confirmadas as apresentações com o pianista Eduardo Lages, a cantora Marina Elali, além de Geraldo Azevedo, Nando Reis e do grupo Roupa Nova

Irlam Rocha Lima
postado em 04/11/2021 06:00 / atualizado em 04/11/2021 07:28
Geraldo Azevedo é um dos destaques musicais para este mês na cidade -  (crédito: Flora Pimentel/Divulgação)
Geraldo Azevedo é um dos destaques musicais para este mês na cidade - (crédito: Flora Pimentel/Divulgação)

Aos poucos, os palcos de Brasília voltam a ser ocupados por nomes destacados da cena musical brasileira. Isso começou a ocorrer durante o projeto Vibrar, que, entre setembro e outubro, trouxe à cidade Alceu Valença, Diogo Nogueira, Ana Carolina, Elba Ramallho e Paralamas do Sucesso. A programação deste mês e do próximo é igualmente diversificada. Estão previstas apresentações do guitarrista e cantor Kadu Lambach, do maestro e pianista Eduardo Lages, ao lado da cantora Marina Elali; dos cantores e compositores Geraldo Azevedo e Nando Reis e do grupo Roupa Nova.

De volta à cidade, Eduardo Lages e a cantora Marina Elali fazem o show Sucessos do Rei, em homenagem, a Roberto Carlos, no Espaço Cultural da Caesb, na Avenida Sibipiruna (ao lado dos batalhões da Polícia Militar e do Corpo e Bombeiros), em Águas Claras. A última vez que Lages esteve na cidade, foi há três anos, quando regeu a orquestra que acompanhou Roberto Carlos no Estádio Nacional Mané Garrincha.

Em seu retorno, ele divide a cena com Elali na interpretação de clássicos como Amor perfeito, Como vai você, Como é grande o meu amor por você, É preciso saber viver e Olha. Os ingressos, à venda pelo site bilheteriafigital.com/sucessosdorei, custam R$ 130, R$ 65 (meia) e R$ 90 (ticket solidário, com a doação de dois litro de leite).

Primeiro guitarrista da Legião Urbana, Kadu Lambach lançou recentemente, em Curitiba, onde mora, o livro Música urbana: O início de uma legião. No dia 12 próximo, ele e o autor da biografia, André Molina, vêm à cidade para uma noite de autógrafos, na área externa do Espaço Cultural do Choro, como parte do projeto Lado B. Na sequência, ele faz uma apresentação. "Neste show, com arranjos que criei, vou fazer a releitura de canções clássicas da Legião, entre as quais Eduardo e Mônica, Geração Coca-Cola, Eu sei, Há tempos e Que país é esse?", adianta Lambach.

Geraldo Azevedo retorna a Brasília para um recital de voz e violão, no salão social da AABB (Setor de Clubes Sul), no dia 20, às 20h. O cantor e compositor pernambucano, um dos artistas de maior popularidade entre os brasilienses, vai revisitar sua obra, ao interpretar músicas consagradas pelo público ao longo de 50 anos de carreira, como Bicho de sete cabeças, Caravana, Barcarola de São Francisco, Dia branco, Dona da minha cabeça, Moça bonita Táxi lunar.

Em 3 de dezembro, Nando Reis é a atração na reabertura do auditório master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental). Naquele espaço, onde se apresentou algumas vezes, o cantor, compositor e violonista paulistano passeia por sua vasta obra num show de voz e violão, interpretando os hits All star, Enquanto houver sol, Espatódea, Pra dizer adeus, Relicário e Segundo sol, além de de sucessos dos Titãs, banda da qual foi um dos fundadores. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE