Vin Diesel pede a volta de The Rock em Velozes e Furiosos 10

'Velozes e furiosos 10': Vin Diesel pede a volta de The Rock

Em post publicado no último domingo (07/11), Vin Diesel pede a volta de Dwayne Johnson para o fim da franquia; 'Velozes e furiosos 10' será dividido em duas partes

Correio Braziliense
postado em 08/11/2021 17:59
 (crédito: Redes Sociais/Divulgação)
(crédito: Redes Sociais/Divulgação)

No último domingo (07/11), o ator Vin Diesel publicou em seu Instagram, um post pedindo a volta de Dwayne Johnson para o fim da franquia de Velozes e furiosos. Com o intuito de dar "o melhor final para a saga", o ator quer deixar o passado para trás e fazer as pazes com Johnson.

“Meu irmãozinho Dwayne… Chegou a hora. O mundo aguarda pelo final em ‘Velozes 10’. Como você sabe, meus filhos se referem a você como tio Dwayne na minha casa. Não há feriado que passe que eles e você não troquem mensagens... Mas chegou a hora. O legado o aguarda”, escreveu na postagem. “Eu disse a você anos atrás que iria cumprir minha promessa a Pablo (apelido de Paul Walker). Jurei que chegaríamos e faríamos o melhor ‘Velozes’ no 10º, que será o final! Digo isso por amor... Mas você tem que vir, não deixe a franquia incompleta, você tem um papel muito importante a cumprir. Hobbs não pode ser tocado por nenhum outro. Espero que você esteja à altura da ocasião e cumpra seu destino”, finaliza o ator.

Também conhecido como The Rock, o ator fez sua estreia no quinto filme da série, lançado em 2011. Interpretando o agente federal Luke Hobb, Dwayne Johnson atuou até o oitavo episódio da franquia antes de lançar seu próprio spin-off, Velozes e furiosos: Hobbs e Shaw, lançado em 2019. Desde então o astro vinha se desentendendo com Vin Diesel, o que motivou sua ausência no 9º filme.

Johnson ainda não respondeu — ao menos publicamente — o post de Vin Diesel. Em entrevista ao The Hollywood Reporter no mês de julho, o ator comunicou que não iria retornar nos próximos filmes e iria focar apenas no derivado da franquia.

Velozes e furiosos 9 chegou aos cinemas em junho de 2021 após um ano de adiamentos por conta da pandemia da Covid-19. O filme marca o retorno de Justin Lin para a direção, que comandou os filmes Operação Rio (2011), Desafio em Tokyo (2006) e Velozes e furiosos 4 (2009). Em entrevista ao Collider, o diretor revelou que o último capítulo será dividido em duas partes, previsto para ser lançado a partir de 2023.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE